segunda-feira, agosto 06, 2007

A festa de apresentação...

O que gostei:

1. De algumas manobras ofensivas da equipa. Há ali qualidade. Os laterais sabem incorporar-se no ataque, as jogadas de perigo sucedem-se e há boas alternativas em algumas zonas do terreno;

2. Confesso que sempre fui um admirador do estilo de jogo de João Alves. É daqueles que não sabem jogar mal. Tem classe. Errou alguns passes é verdade, mas "transpira" qualidade por todos os poros. Um grande reforço! E já agora um grande golo... Promete! Não dará apenas para lhe arranjar um companheiro melhor? Só de imaginar aquele meio-campo Pelé/João Alves...

3. Luciano Amaral. Confesso que defensivamente não sei o que vale, mas ofensivamente o rapaz esteve muito bem. Espero que não me tenha enganado e que aquele seja o seu real valor.

4. Interessante a ideia dos guerreiros e do Rei. E só mesmo Cajuda para aceitar aquela figura :). Por momentos ainda pensei que fosse outro o Rei, mas estava muito bem entregue o papel. Só espero que faça por merecer o aplauso de pé dos associados ao longo de toda a temporada... Seria muito bom sinal!

5. 14300 espectadores. Em plenos mês de Agosto. Férias. Calor. Mais a fome de bola é tanta e a paixão tão imensa que o número só pode surpreender os mais desatentos. Os vitorianos estão em força, como sempre...

O que não gostei:

1. São simpáticos, mas apenas isso. Muito frágil aquela equipa do Al-Arabi. Tem muito para fazer Romão, a menos que aquilo até chegue...

2. Radanovic. Em dois lances pareceu-me mais preocupado em "bater" do que em "cortar". Ao belo estilo se passa a bola, não passa o homem. Espero que tenha sido apenas nervosismo.

3. Festa no final do jogo. Afinal era aquilo a que o "speaker" chamou de espectáculo fora de série? Foi aquilo que foi pensado durante tanto tempo? E que música era aquela que escolheram para o acompanhamento do fogo? Uma péssima organização. O fogo até podia ser bonito mas o que o envolveu foi de um mau gosto terrível. Pobre mesmo. O positivo só mesmo ser a Câmara a pagá-lo... para o Vitória claro.

1 Comentários:

Anónimo disse...

o contabilizado foram os bilhetes vendidos uma vez que nao havia torniquetes, pelo menos na sul.

a este número há que juntar os jovens até aos 14anos que nao pagaram.

em relaçao ao jogo, achei fraco. mais uma vez deu para ver que temos ataque mas defesa... ainda nao foi testada a sério.

em relaçao à festa, o fogo nao esteve mau, o tempo de duraçao foi bastante razoavel mas o som foi fraco. músicas sobrepostas e nada de especial.

achei a ideia dos cruzados interessante mas tenho que admitir que nao é facil fazer aquelas figuras, principalmente o rei... que figurinha!!!

6/8/07 23:03