segunda-feira, julho 13, 2009

FRAGMENTOS EMPOLGARAM NA PRAÇA DA OLIVEIRA




A “joga em casa”. Foi desta forma que o vocalista dos Fragmentos se dirigiu ao muito público durante o concerto da ultima sexta-feira, que teve esse mesmo público como coro em todos os temas ouvidos pela banda vimaranense, numa noite fantástica e num cenário não menos estupendo. A Praça da Oliveira esteve completamente esgotada e o público aprovou o espectáculo organizado pela Câmara Municipal de Guimarães.
Poderei não ser a melhor pessoa para falar de música, mas este grupo merece outros palcos, merece mais visibilidade e atenção dos media, nomeadamente das televisões e das rádios, a qualidade da música é excelente e vocalmente bem representada. Em qualidade, não fica a dever nada às bandas que preenchem os festivais (agora muito em voga) neste País.

11 Comentários:

João Paulo disse...

São precisos mais espectáculos, deste tipo no Centro Histórico.
Mesmo sem recorrer a grandes palcos, a Oliveira e a S,Tiago precisam de ser animadas com música ou outro género de show.
Não bastam as esplanadas, a animação cultural é cada vez mais importante.
Parabéns aos Fragmentos, continuem.

13/7/09 22:52
Anónimo disse...

Praça da Oliveira? Nem parece que são de Guimarães. Isto é como chamar Guimarães ao Vitória.
Largo da Oliveira e Praça de S. Tiago. O seu a seu nome!!!!

Luís Pinto

14/7/09 00:57
Best disse...

Estiveram à altura que nos habituaram, não é por serem vimaranenses, mas são muito bons.

ps: Agora não parem, na praça da Oliveira na de Santiago ou fora de portas, apareçam!

14/7/09 11:07
best disse...

Mário Pinto, em qualquer cidade de qualquer país, existem praças, chama-lhe largo ou estreito, mas são praças.
Já agora, estiveste nos fragmentos?
Vai nanar irmão.

14/7/09 11:19
Vimaranes disse...

Tive oportunidade de ver o lançamento do novo álbum há cerca de um ano, na Pousada de Santa Marinha da Costa (num lançamento onde estiveram inclusive vários jogadores do Vitória) e já aí me pareceu que mantinham intactas qualidades que já possuía o anterior elenco, mas que os arranjos musicais eram, desta vez, claramente superiores. Espero que consigam o sucesso merecido, não apenas por serem de Guimarães, mas acima de tudo por terem qualidade.

14/7/09 11:31
cc disse...

O problema dos Fragmentos, é, e só, o de não serem de Lisboa...

14/7/09 12:50
Tiago Laranjeiro disse...

Peço desculpa por vir mudar o assunto, mas é para dar nota que a sessão de apresentação do projecto Guimarães - Capital Europeia da Cultura 2012 pode ser seguida, com notas directas do local, no Colina Sagrada.

http://colinasagrada.blogspot.com

14/7/09 19:19
jotafundador disse...

Obrigado Tiago Laranjeiro, não tem que pedir desculpa, volte sempre.

14/7/09 20:30
TOCO disse...

Ao sr Best:
É LARGO da Oliveira, ok...
Eu sou da Oliveira e não gosto quando alteram o nome..."Quem não se sente..."
Já agora, também gostas quando chamam ao nosso estádio : Estádio Municpal?
Ou gostas que te troquem o nome?
Agradeço que o bloguista altere o duplo erro (na outra reprtagem também está assim)
Como diz o Luis Pinto e muito bem:
-Se não fosses de Guimarães (Vimaranes) até compreendia...

14/7/09 23:25
Vimaranes disse...

Caro Toco, não fui eu que assinei o post, como pode constatar. Daí que não vou comentar o assunto, nem sequer alterar nada. O João certamente que o fará se assim entender necessário.
Cumprimentos.

14/7/09 23:27
Toco disse...

Caro Vimaranes,
lamento que a minha "acusação" ter recaído na pessoa errada. Contudo, agradeço que seja alterada a denominação para o seu nome original:
- Largo da Oliveira

Cumprimentos

14/7/09 23:33