quinta-feira, julho 23, 2009

Opinião de... José Carlos Gonçalves

A temível espada do Rei

Já Dino Freitas o diz a cantar. O Vitória tem “o emblema da glória” e traz consigo “a espada de Afonso Henriques”.

Em ano de comemoração do 900º aniversário do nascimento do Primeiro Rei de Portugal, e ostentando a temível espada do Rei, o Vitória tem pela frente uma epopeia que não se adivinha fácil.

Com a saída do timoneiro Manuel Cajuda termina um ciclo histórico no nosso clube. O regresso ao escalão principal e a qualificação histórica para a Champions foram as conquistas que nunca sairão das nossas memórias. Infelizmente, na época passada tudo foi diferente e o que parecia um casamento para a eternidade, entre presidente e treinador, transformou-se num divórcio litigioso. No melhor pano caiu a nódoa. Desta forma terminou uma batalha, mas a guerra, essa sim, nunca terminará.

Sem perder tempo, Emílio Macedo da Silva, apresentou o novo comandante das tropas brancas. Nelo Vingada é agora o nosso treinador. Vindo das Arábias, espera-se que leve o Vitória numa viagem por essa Europa fora.
Este início de temporada foi também a hora da chegada de reforços. Alex, Tiago Alencar, Gustavo Lazzaretti e David Mendieta formam um quarteto de novos defensores. Para o miolo chegou uma das revelações da época passada, Rui Miguel. Finalmente, Kamani, Jorge Gonçalves e Targino vêm dar mais força e rapidez à dianteira da equipa. A estes se juntam os resistentes da época passada, esperando-se um conjunto mais forte e coeso para 2009/2010. Por outro lado, aos que saíram, um forte agradecimento e um desejo de boa sorte.

Nesta altura, nos 3 jogos que já se realizaram nesta pré-época, nota-se ainda um entrosamento insuficiente. A missão desta equipa é lutar contra isso.
Com a alma, a vontade de vencer, o querer orgulhar o emblema da glória, o amor de todos os adeptos, o Inferno Branco quando o Palco de Batalhas se enche e a oportunidade de poderem vencer a guerra com a espada do Rei, tem que tornar o Vitória temível e cada vez maior.

Juntos venceremos, porque aconteça o que acontecer, SOMOS VITÓRIA ATÉ MORRER.


por José Carlos Gonçalves

10 Comentários:

cc disse...

Excelente!
O artigo de opinião e o blogue está cada vez melhor.

23/7/09 11:27
Swamp Dweller disse...

É mais um post de empolgamento do que de opinião. Há que ir afinando

23/7/09 14:27
Paris-8 disse...

Que Deus te ouça José Carlos, e o Diabo que nos acompanhe. Para que juntos posamos fazer um verdadeiro Inférno Branco como fez o nosso AFONSO por este Portugal, que tubo déve hàs tropas do Berço

23/7/09 14:42
LG disse...

"Com a alma, a vontade de vencer, o querer orgulhar o emblema da glória, o amor de todos os adeptos, o Inferno Branco quando o Palco de Batalhas se enche e a oportunidade de poderem vencer a guerra com a espada do Rei, tem que tornar o Vitória temível e cada vez maior."

O Vitória devia copiar este texto e colocar em local que todos os jogadores o vejam, talvez nos balneários ou à entrada do tunel.
Parabéns ao Carlos Gonçalves, o Blogue ficou mais rico.

23/7/09 16:58
Diogo Ferreira disse...

Precisamos que realmente a espada do Rei seja temível, o que realmente hoje em dia não o é, por força dos altos e baixos que o nosso clube infelizmente tem passado. Este ano, tem que ser o ano da afirmação, e a meta passa pelo apuramento p/ as competições europeias, mas nós VITORIANOS queremos mais, e na minha modesta opinião, temos que conquistar um troféu URGENTEMENTE. Um clube como o nosso, os adeptos que tem, o apoio que a equipa tem ao longo do campeonato, urge realmente conquistarmos algo.

Acredito que esta época temos equipa para fazer uma boa temporada, e atingirmos os objectivos propostos pela direcção, mas para isso, é preciso que os jogadores se empenhem, e acima de tudo não se esqueçam do emblema que ostentam na camisola, porque é um emblema de GRANDE respeito.

Temos que ser humildes, e não nos podemos esquecer que há outros clubes com as mesmas ambições do que as nossas, mas isso, não nos pode impedir de sermos ambiciosos, e de pensarmos que temos tudo para lá chegar.

Viva o VSC.

23/7/09 18:30
Luis disse...

Peço desculpa, mas acho que a rubrica começou mal... Sem beliscar minimamente a boa vontade do José Carlos Gonçalves, pergunto, aonde está a sua opinião? Isto é um texto, com vitorianismo, com vontade, mas dizer que isto é um artigo de opinião, por amor de Deus...
Aprecio que existam neste blog opiniões e artigos de opinião, mas lá está, necessitam de exprimir opiniões.... ;)
Quanto a tudo o resto, parabéns, são palavras empolgantes, sem dúvida, mas é um texto que traz pouco ou nada de novo, convenhamos...

24/7/09 00:38
Miguels disse...

É isso mesmo. Vamos lá VITÓRIA!!! Tenho saudades de ver o D. Afonso Henriques à pinha e aos gritos com a equipa a corresponder em garra!

Costumo estar na Poente mas no jogo de apresentação fui para a Nascente. Visto da Poente é impressionante, mas estar lá no meio é uma loucura! Os Vitorianos são um espectáculo!

24/7/09 01:10
José Carlos Gonçalves disse...

Olá a todos.

Obrigado por terem lido o texto e comentado. :)

Para iniciar o artigo de opinião optei por fazer um texto mais empolgante. A minha ideia foi, basicamente, tentar descrever um pouco da situação do nosso clube, apelando à garra e união de todos nós. Como foi a primeira de muitas opiniões tentei criar um ponto de partida.

Apesar de tudo, vou puxar a brasa à minha sardinha! :) A opinião que expressei neste texto foi a de que nesta época, a missão de todos nós é deixar de lado todas as picardias e juntarmo-nos numa só voz. Principalmente quando D.Afonso Henriques faz 900 anos de nascimento. Foi esse o objectivo.

Mesmo assim, e como ainda não sou um veterano na matéria, agradeço todas as críticas para que na próxima vez erre o menos possível, "afinando" a máquina. :D

Cumprimentos,
Viva o Vitória :D

24/7/09 01:32
druyda disse...

Basta a equipa do Vitória fazer aquilo que todos queremos; vitórias e que jogue bom futebol.

Imaginem se tivéssemos a lutar pelo o titulo... que espectáculo, nós adeptos, daríamos!

24/7/09 11:30
jotafundador disse...

Carlos Gonçalves, parabéns pelo artigo e pelas palavras soltas e ditas com emoção e com o coração.

Abraço!

24/7/09 22:07