quinta-feira, março 25, 2010

Opinião de... Master Kodro

Cantinho do Vitória #7

O último jogo contra o Sporting representa a imagem do que tem sido o Vitória, não só esta época, como nas mais recentes, seja dentro das quatro linhas, seja fora delas. Num só jogo, tivemos o livre directo de Andrézinho, o pontapé de bicicleta de Douglas ou o caudal ofensivo que amedrontou o Sporting apesar do desnível do resultado, mas também a desconcentração de Lazzaretti perante Liedson, a displicência de Nuno Assis a oferecer um remate na nossa área a Fernandez, ou aquele período negro em que ficámos a perder 3x0 sem perceber muito bem como. Nem é preciso falar na passagem pela segunda liga, em absoluto contraste com a época fabulosa do terceiro lugar que nos deixou à porta da fase de grupos da Champions.

O que é que transpira disto tudo? Que nada tem sido feito com base em planificação ou segurança. Tudo aparenta resultar do acaso, com os inesperados sucessos a conviverem intimamente com desastres de proporções bíblicas. Tivemos as eleições que, de alguma forma (nem que seja por ausência de alternativa credível), validaram o trabalho da direcção, ainda que para alguns de nós isso pareça uma heresia. Eu quero um rumo. Um rumo certo e estável. Não quero descer de divisão e ficar em terceiro dois anos depois, prefiro três quartos lugares e um crescimento sustentado. Não quero despedir treinadores, quero que o treinador seja escolhido com critério e que a direcção o apoie quando a sorte não o acompanhar. Não quero uma colagem ao Porto, seguida de uma colagem ao Benfica para descobrir finalmente que estamos bem sozinhos. Não interessa se é Macedo, Brasil ou Machado. Interessa que não pode ser Marinho ou Veiga. Interessa que tem que ser Vitória.

Por Master Kodro
http://quatroquatrodois.blogspot.com/

Nota: Este artigo de opinião deveria ter sido colocado no passado 18, mas por razões profissionais do autor, apenas hoje é colocado.

7 Comentários:

Vimaranes disse...

Não poderia estar em maior sintonia com o teu texto master. Excelente. Já está mais do que na hora de encontrarmos um rumo, um projecto sustentado e não vivermos apenas do acaso. Para altos e baixos, já bastou a última década. Está na hora de, finalmente, nos afirmarmos e de cometermos menos erros. Espero pela viragem.

25/3/10 16:06
lafuente disse...

Belo texto caro master.Eu também gostava de ver esse crescimento sustentado no Vitória.Estou farto de em pleno Séc.XXI ver o Vitória um ano na parte cimeira e depois na seguinte na mó de baixo.A que manter a mesma bitola classificativa época a época.Os primeiros 5 lugares em que figurar sempre lá o Vitória Sport Clube..

25/3/10 16:25
Miguel Ângelo Silva disse...

Concordo com Master Kodro. Acho que a maior parte dos resultados foi fruto do acaso. E deixar a equipa depender totalmente da sorte é o mesmo que andar à deriva...
No ano em que o Vitória foi à pré-eliminatória da Champions, o campeonato foi muito fraco e conseguimos o 3º lugar com 53 pontos - como exemplo lembro que, na época passada, o Nacional ficou em 4º com 52 pontos a 7 pontos do 3º lugar... E em 2007/08 tivemos a sorte do 3º dar lugar à pré-eliminatória da Champions o que não acontece actualmente.
De facto não foi um feito da Direcção, mas uma oportunidade histórica perdida em que se devia ter apostado tudo!

25/3/10 17:23
lafuente disse...

O Problema reside também em épocas em que jogamos provas europeias a sempre mudanças abruptas na formação do plantel.Ora vejamos na época 2004-05 conseguimos o apuramento para a uefa mas desmantelamos abase dessa equipa com saidas de Alex que fez uma grande epoca, o turra que foi um esteio,Luiz Mário que era grande artista com a bolinha nos pés,o Silva,Romeu,Djurdjevic todpos também jogadores importantes.Ficamos para a época seguinte com 7 jogadores do plantel anteriore sem o treinador também da epoca passada no caso o M.Machado.A 2Anos quase a mesma situação sairam os jogadores mais importantes como geromel,Alan e Ghillas para além do mal amado Miljian.Agora esta época se conseguirmos apuramento para a uefa voltaremos a operder os melhores jogadores como porventura vai acontecer com o Gustavo,Andrezinho,Desmarets e quiçá com Assis.Não pode ser.Se queremos crescimento sustentado isto nao pode acontecer.A que mexer pouco na espinha dorsal da equipa e fortalece-la ainda mais.

25/3/10 17:51
lafuente disse...

José Santos, novo diretor desportivo do Vitória de Guimarães, revelou que é o Sporting de Braga que tem coisas a copiar do clube vimaranense e não o contrário.



Instado sobre a rivalidade com o Sporting de Braga e se almeja, tal como acontece no momento com os bracarenses, colocar o Vitória a lutar pelo título, José Pereira respondeu: "O Braga deve estar mais preocupado em copiar o que o Vitória fez nas últimas épocas, do que o contrário".



"Se atendermos às últimas épocas, tirando esta, o Vitória tem tido prestações e qualificações bem melhores do que o Sporting de Braga. Neste momento, é verdade que estão à nossa frente, mas também é verdade que pretendemos ficar sempre à frente do Sporting de Braga", relembrou.



José Pereira lembrou "as declarações do próprio presidente do Braga há não muito tempo", referindo-se implicitamente às críticas que António Salvador fez em tempos aos adeptos bracarenses, por serem em menor número no municipal de Braga do que os vimaranenses no seu estádio.



Na conferência de imprensa da sua apresentação oficial, José Pereira frisou ainda que a próxima época já está a ser preparada e reiterou que o objetivo na presente temporada é o apuramento para a Liga Europa.



"Mentiria se dissesse que ainda antes das eleições não tínhamos já alguns rascunhos sobre a próxima época, mas neste momento não há qualquer decisão nem sobre contratar nem dispensar ninguém", disse.
Tirei esta noticia do Record.
O Senhor José Pereira como eu gostava que fosse verdade.Infelizmente os Africanos já a algum tempo que estao com classificaçoes bem melhores que as nossas.

25/3/10 18:06
Vimaranes disse...

Nem mais Lafuente. Comunhão de pensamentos, ia exactamente escrever algo parecido.

25/3/10 18:27
cb disse...

O que eu acho é que se poderia e deveria fazer muito melhor, mas dizer-se que o 3º lugar foi obra do acaso, não acho.
Só não terminamos em 2º porque não nos foi permitido.
´Em equipa que ganha não se mexe`, creio que foi o grande erro que se cometeu, até porque se vinha com uma dinamica ganhadora desde a 2ª liga.
Não dar valor ao 3º lugar é o mesmo que se aceitar a descida de divisão.
Critico fortemente o responsavel de tal mexida, estavamos recuperar terreno.
A nivel de treinador acredito que temos o homem certo(ao contrario do penultimo que contribuiu e muito para que aquela epoca seguinte fosse o que foi), para a tal sustentação e futebol pensado com tempo, isto se o elenco diretivo não sofrer grandes alterações ao longo dos proximos anos, porque acho que muito do sucesso de uma equipa de futebol passa por ele e pelas condições que lhe são proporcionadas.

25/3/10 19:05