sábado, abril 03, 2010

EM BRAGA VALEU TUDO…

Na chegada dos autocarros ao parque de estacionamento do municipal de Braga que é também o acesso dos adeptos ao estádio, a passagem foi feita literalmente pelo meio dos adeptos da casa. É óbvio que não demorou muito até que alguns dos que se dizem adeptos, começassem a partir os vidros dos vinte autocarros que levavam adeptos do Vitória, tudo isto sob o olhar atento das forças policiais, mas, pasme-se, sem que estas actuassem para arredar os arruaceiros que estavam a naquele local com o intuito de causar danos.
Após o jogo, na saída dos adeptos do municipal de Braga, os arruaceiros de Braga trataram de se colocar estrategicamente ao longo da circular urbana, escondidos nos montes adjacentes ao trajecto por onde passavam as duas dezenas de autocarros e, o que já se esperava, uma chuva de pedradas que derrubaram os restantes vidros que ainda não tinham sido quebrados e muitas amolgadelas. Estragos consideráveis que alguns endemoninhados, após terem sido vergonhosamente favorecidos durante os 96 minutos de jogo, não ficaram satisfeitos. Tudo porque estes Indomesticáveis não gostam de futebol, mas de arruaça.
De que serve a escolta policial na frente dos autocarros, se as pedradas acontecem após passarem as carrinhas dos agentes sem que estes se apercebam dos arremessos de pedras e dos danos causados?








1 Comentários:

Dillinger disse...

A policia não fez um bom trabalho. Eles são os primeiros e os últimos a passar nos coetejos de autocarrros.
Eles sabem, como nós sabemos que as pedradas vão acontecer, para se protegerem ´vão na frente.
são os peimeiros a rirem das pedradas....

6/4/10 17:20