terça-feira, maio 25, 2010

O Evangelho do risco segundo São Manuel

De Manuel em Manuel cá anda o nosso Vitória. O último não deixou saudades, mas o penúltimo foi o milagreiro que os sócios ambicionam que o apresentado hoje, seja também. E este será, provavelmente, o maior peso sobre os ombros de Manuel Machado.

No fundo, voltamos a desejar que um treinador volte, com mais ou menos milagres, a disfarçar incompetências alheias. Um risco? Sem dúvida. Mas que será certamente superior para o próprio Manuel Machado. O agora treinador do Vitória sabe bem das dificuldades que teve aquando da sua última passagem, principalmente porque Guimarães desde sempre se portou como pior mãe e melhor madrasta.

Ora também por isso, e por tudo aquilo que se conhece do actual elenco directivo, esta é uma aposta de risco – não sei até se totalmente calculada por Machado. A verdade é que Manuel Machado, resumiu numa frase aquilo que, sendo o óbvio, não deixa de ser aquilo que desde logo evita que lhe estabeleçam metas, contra a sua vontade “Se houver os meios necessários, haverá as ideias necessárias para construir uma equipa competitiva”. Se houver meios, pois claro.

E residirá aqui o maior problema desta temporada. As últimas semanas, em que se falaram em saídas a mais e entradas a menos, têm tudo para nos deixarem preocupados, principalmente quando vemos clubes rivais a “beberem” da fonte vitoriana.

Mas a verdade é que tendo Manuel Machado mais a perder do que até a ganhar com esta aventura, talvez me faça acreditar que a preparação da próxima temporada será bem mais cuidada. E claro, é este o tal peso a mais nos ombros do treinador vitoriano, de que falei. No fundo, o que estamos a desejar é que, ao mesmo tempo, Machado seja melhor a contratar do que quem tem essa responsabilidade, seja mais incisivo na defesa do clube do que quem desempenha essa função, que tenha maior visão estratégica do que quem foi mandatado para tal e que além de tudo isso, ainda treine.

Responsabilidade a mais, num clube onde a desresponsabilização há muito que reina. A minha e permitam-me a nossa ambição é que, tal como Manuel Cajuda, o Manuel de hoje ajude a esconder aquilo a que já estamos cansados de assistir.

A Manuel Machado desejo os maiores êxitos. O êxito dele, como em qualquer outro caso idêntico, será naturalmente o nosso. Há muita coisa que não aprecio no professor, principalmente no que ao discurso diz respeito, mas se há coisa que não coloco em causa são as qualidades para o lugar de treinador do Vitória. De tal maneira, que considero que o seu nome, no actual contexto vitoriano, é seguramente a melhor opção. Porque é alguém com um passado brilhantes nos escalões de formação do clube – que são seguramente a base de um futuro sustentável no Vitória -, tem experiência no principal escalão, tem sido bem sucedido por onde passa e acima de tudo, pensa futebol. O que, para os lados do complexo, é coisa rara. E, também por isso, será uma boa lufada de ar fresco.

Agora, uma coisa é certa. É um evangelho de risco, nesta nova página da Bíblia vitoriana. Todavia, aguarda-se que seja o retomar do carrilho dos êxitos, da descolagem daqueles que há bem pouco tempo não nos faziam sombra e da aproximação àqueles que, porque foram mais audazes e inteligentes do que nós, estão agora alguns passos à nossa frente.

Boa sorte, professor. Pode contar connosco!

17 Comentários:

fontao77 disse...

estou de acordo contigo quando focas se houver materia prima ha ideias,

deixa no ar algumas duvidas.

ps:

nao entendo como ainda NAO renovaramn com o Bruno Telles,diz se q se vai investir no futebol e nao se faz 1 esforco para ficar com 1 jogador q mostrou que era uma mais valia e q poderia ser rentavel no futuro.
Quando foi apresentado falou se assinou por meio ano mais ENTENDO1 ano de opcao.
porque nao exerce a opcao e ja esta.
NAO ENTENDO ESTES CONTRATATOS COM OPCOES QUE NAO VALEM DE NADA.

25/5/10 02:47
o lado do futebol disse...

Boas, o blogue O LADO DO FUTEBOL QUE NUNCA VIRAM está de volta. Depois de um tempo de paragem devido à falta de tempo dos seus administradores.
Mas agora regressamos com uma nova edição: Especial Mundial e Época 2010/11.
Para isso precisamos de alguns colaboradores.
Se estiver interessado vá ao blogue e tem lá os contactos necessários para falar connosco.
Aquilo que precisamos neste momento é pessoas que coloquem notícias sobre um determinado grupo do Mundial, por isso se estiver interessado passe pelo blogue.

http://oladodofutebolquenuncaviram.blogspot.com/

Abraço.

25/5/10 09:38
Dillinger disse...

Pelo menos, temos uma pessoa que percebe de futebol.
Pelo menos, com MM, faz-me pensar que todas e quaisquer contratação, não passam primeiro por uma triagem, onde ficam retidas comissões a Almeidas, Vascos e Cajudas e sei lá se ao Milo.
Que bom é ter o professor de volta.

25/5/10 10:13
Diogo Ferreira disse...

Temos que reconhecer de facto, que é uma aposta de RISCO do Prof. Manuel Machado.
Treinar o vitoria SC, não é fácil. Todos nós (Vitorianos), sabemos o grau de exigência que temos com a equipa.
Acredito, que é possível o Prof. Manuel Machado ter sucesso, é um homem que conhece o clube, e como nós, ele sendo também Vitoriano, pretende de certeza absoluta que o nosso Vitoria tenha sucesso.
Desejo-lhe as maiores felicidades, e que tenha muita sorte a frente dos destinos da equipa, e que nos possa dar muitas e muitas alegrias, porque nós, sócios do clube, merecemos.

25/5/10 10:33
José disse...

No ano passado compramos (que eu me lembre):

Milhazes:
Mendieta:
Santana:

Todos juntos foi à volta de 1 milhao.

Este ano diz que vai investir mais... e não há dinheiro para o gustavo nem o bruno teles?

Só um destes dois vale mais (em qualidade) e custa menos que os outros 3 juntos!!

Mas pronto... foi neste mentiroso incompetente que decidiram votar agora levem com as consequencias.


O director desportivo diz: Não ha guito... o presidente diz: vamos investir mais que o ano passado!

AMADORES!!!

25/5/10 11:39
ingles disse...

Diogo Ferreira exigência ,de que so se for os adeptos a pedir bilhetes para os jogos, os adeptos ja ah muito que nao pedem nada do vitoria nem a direçao. o vitoria ja muito que anda abandonado pelos adeptos a direçao e os jogadores fazem o quer do clube

25/5/10 11:53
lafuente disse...

O meu maior receio é o de verificar que aquando da passagem de treinadores que na primeira "aparição" por Guimarães foram bem sucedidos,na segunda foram um fracasso.
Lembro-me de Autuori,Pacheco e até do Marinho Peres.
Que o Professor seja exepção a regra.

25/5/10 12:41
lafuente disse...

Quanto ao sucesso como ele disse,depende de os reforços que indicou.Se eles se confirmam ou não?Se assim for a probabilidades de fazermos uma boa temporada.

25/5/10 12:45
José disse...

hummm... será que o bruno teles nao fica porque não gosta dos apartamentos do Milo??

25/5/10 12:47
Vimaranes disse...

A excepção Lafuente terá sido Quinito.

25/5/10 13:56
cb disse...

Eu entendo que Manuel Cajuda é culpado em muitas coisas más que tivemos num passado recente, sobretudo em determinadas contratações que custaram um bocado de dinheiro ao VITÓRIA, que hoje muita falta faz.

Eu vejo a contratação de Manuel Machado pelo VITÓRIA como a que o Inter fez quando foi buscar o José Mourinho, isto é, apostou no treinador para ganhar e...ganhou tudo.
Aliás, na minha opinião, nunca daqui deveria ter saído e o VITÓRIA não teria passado por metade do que passou, bem pelo contrário.

Sei que muitos dos que aqui, e não só, hoje lhe dão as boavindas e desejos de muito sucesso, aos primeiros 5 minutos do primeiro jogo estarão com os assobios e gargantas afinadas a dizerem para ir embora, esquecendo-se que o sucesso do VITÓRIA tambem passa por eles e pelos seus aplausos e canticos de apoio, mas o Manuel Machado sabe isso tudo e mais alguma coisa.

25/5/10 15:30
Diogo Ferreira disse...

Para o Inglês;
Peço imensa desculpa, mas não entendo onde pretendes chegar c/ o teu comentário, relativamente aos adeptos? Quanto aos jogadores e direcção, isso já é outra guerra, aqui, estou de acordo contigo.

25/5/10 19:47
Paulo César disse...

Por todas as razões no que ao Vitória diz respeito, o Manuel Machado foi a melhor coisa que nos podia ter acontecido.
Uma das razões da sua escolha, penso eu, terá sido a sua enorme capacidade de gestão de recursos humanos, prospecção inclusive. E é aí que está um dos vértices do que será a nossa recuperação, financeira e desportiva. Descobrir gente boa a preço baixo. Daí que esteja para já satisfeito com as notícias sobre reforços: jovens da II Liga, com necessidade e vontade de subir na vida, mostrar serviço. Prefiro-os aos contentores de brasileiros (nada contra os brasileiros) que chegam cá ano após ano.
Espero agora um sinal concreto de aposta nas camadas jovens. Outro vértice do nosso futuro.
O Vimaranes falou no Quinito como sendo o único "regresso" bem sucedido. A par da gloriosa época 86/87 de Marinho Peres, Quinito foi talvez o treinador que me fez sentir mais o Vitória, e responsável por um dos momentos em que mais me orgulhei de ter nascido vitoriano, quando no início da época 99/00 lançou Fernando Meira, Jairson, Lima, Rego, Pedro Mendes, Kipulu, Lixa. A nossa gente.

O caminho tem de ser forçosamente este, e é por isso que eu acredito no Manuel Machado. Assim o deixem trabalhar e talvez seja ele a fazer do Vitória campeão.

25/5/10 20:29
lafuente disse...

Exacto caro Carlos Ribeiro.Quinito em 97-98 aquando da substituição do Jaime Pacheco estar em 2-lugar e no final da época ter terminado em 3-lugar não deixou de ser uma bela temporada.
E na 3 vez que veio para Guimarães também não esteve mal.Pegou na equipa quase nos últimos postos e perdeu a europa na última jornada em Alverca.E na época seguinte não fosse as "burrices" do Pimenta em ir buscar meia dúzia de brasileiros na altura de eleições e a Europa era uma realidade.E nessa época como já disseram aqui lançou o Pedro Mendes,Lixa,Rego,Lima,Ruivo, Mirandinha,Jairson etc.Eram miudos de 2 e 3 divisão,que juntamente com Edmilson,Riva,Brandão jogavam muito a bola.

25/5/10 23:24
lafuente disse...

Lembro-me de nessa época termos aplicado chapa 4 em Braga com o Lixa a "escachar" completamente o José Nuno Azevedo.

25/5/10 23:30
pedromouga disse...

boas amigo vimaranes para comecar e vou ser frontal nunca gostei de manuel machado como treinador do vitória mas a verdade é que fez um trabalho razoavel no nacional se repararem foi buscar jogadores que ninguem conhecia nestes anos que estive no nacioal e deram cartas ou melhor euros .Agora acho muito arriscado por parte dele ter assumido o comando da equipa do vitória porque sabesse que não vai ter materia prima para fazer uma época boa .Da parte da direcção já nada me admira porque afinal isto já se arrasta desde do tempo do cajuda onde jogadores tinham contratos com objectivos num dos quais se fisse se mais um jogo tinha de receber mais um x e outros que eram obrigados a jogar porque estavam emprestados o caso do luis filipe .Desejo a maior sorte ao manuel machado e vou esperar para ver se vai ter materia prima ou não se tiver e a época for um fracasso ai a culpa será dele senão a culpa é totalmente da direcção .Já agora deixo um recado para aqueles que se juntam no complexo todos os dias e me criticavam por estar contra o presidente agora não o critiquem pois foram voçes mesmos que o colocaram lá .Em guimaraes á duas caras mas eu só tenho uma e vou continuar a ser assim frontal não pelas costas como alguns agora o fazem
cumprimentos ao vimaranes

26/5/10 11:07
ingles disse...

Diogo Ferreira nao te estava acusar de nada so estava ha dizer que alguns adeptos fazem exigência para ter bilhetes para ir ao futebol de borla e para os amigos ,mas para pedir mais da direçao como vitorias e respeito ja nao fazem exigência ,ex fazem protetos contra os arbitos mas contra direçao e a equipa ,assobiam para lado temos que pedir como no tempo do pimenta, um abraço

26/5/10 12:09