sexta-feira, maio 13, 2011

Um contentamento descontente


Quem conhecer mal o Vitória terá, certamente, dificuldades em perceber o mal-estar instalado na relação entre os adeptos e os principais actores do clube. Esta é uma época histórica. E no entanto percebe-se a contestação que alguns oportunistas até começam a explorar.

Analisemos friamente as coisas. O 5º lugar está à mão de semear e o Vitória retoma o hábito de se apurar para as competições europeias. Houve um tempo em que este facto só por si era fruto de festejos e reacções eufóricas à sua concretização. Mas não acredito que isso aconteça no próximo domingo, na Figueira da Foz.

O Vitória está também apurado para a final da Taça de Portugal, mais de 20 anos depois da última presença. E por via disso também começará a próxima temporada nos principais palcos nacionais, competindo pelo triunfo na Supertaça Cândido Oliveira, o único título nacional do museu do clube. Bem vistas as coisas, esta é a melhor temporada em muitos anos do futebol vitoriano, porque o carimbo no passaporte para o Jamor acrescenta mais qualquer face à temporada do último 3º lugar.

E, no entanto, o treinador que conseguiu esse feito é alvo de críticas dos vitorianos. Manuel Machado treinou a equipa principal do Vitória duas vezes. Em ambas cumpriu o objectivo do apuramento europeu. E em ambas terminou a época com pouca empatia com os adeptos. Como assinalava esta semana o diário O Jogo, Machado esteve também nos últimos títulos do Vitória (juniores, juvenis e Supertaça), o que lhe devia dar um lugar de honra na história do clube e um respeito mais do que justificado por parte dos adeptos.

Até Edgar, que tem 12 golos marcados esta temporada é alvo de críticas pelo pouco acerto demonstrado em frente à baliza desde há umas semanas. Mas nada disso apaga os golos importantes feitos noutras fases da época nem o facto de ser o melhor avançado que joga em Guimarães desde Saganowski.

Como se explica então este fenómeno? Na minha opinião há três motivos essenciais. O primeiro é a paixão dos adeptos do clube pelo futebol ofensivo e vistoso. Em Guimarães não basta ganhar, é preciso ganhar bem. E com nota artística, usando uma expressão que agora usa um antigo treinador do clube.

O segundo é o facto de o nosso principal rival estar na melhor fase da sua história. Em Guimarães não basta ficar bem classificado, é preciso ficar à frente do rival.

O terceiro – e a meu ver o mais importante – tem a ver com o discurso (ou a falta dele) motivador da parte da direcção. O presidente do Vitória parece viver num mundo diferente dos vitorianos, parece não perceber algumas das suas características particulares. Bastaria que falasse mais vezes, no tempo e tom certo, para a sua popularidade ser maior. Ganharíamos todos.

Por Samuel Silva

10 Comentários:

Amadeu disse...

Na muche!

E se esta Direcção algum dia entendesse ou sentisse com ORGULHO estas imagens http://vitoriasc.pt/noticias_detalhe.php?id_noticia=2983, certamente estariamos com um contentamento muito mais "contente" e confiante.

Mas sinceramente não acredito que isso seja possivel.

13/5/11 18:45
lafuente disse...

A pouca empatia do M.Machado com os adeptos, deve-se está epoca, devido às declarações pouco conseguidas do Treinador do Vitória. Falhou nas questões pontuais, na abordagem à Taça da Liga por exemplo.
O mérito dele na conquista de 2 apuramentos europeus, e no título dos Juniores em 91,e até na boa coordenação das camadas jovens, durante muitos anos ninguém o pode tirar.
Quanto ao Edgar, tem um estilo de jogo pouco ortodoxo, e é um jogador, que virou "patinho feio" de forma injusta.
Mas vai regressar aos golos já amanhã.
Quanto ao Emílio, não há desculpas, para o mal que tem feito ao Vitória Sport Club.

13/5/11 18:48
José Silva 5071 disse...

Quanto ao MM, o que é que ele queria? Com um futebol que é uma tortura ver mesmo quando se ganha, não podia estar à espera de outra coisa. Vamos ver se acabamos mesmo em 5º.

2008/09 - 248.698 espectadores
2009/10 - 238.257
2010/11 (Manuel Machado) - 209.235

São menos 40.000 que com o cajuda, numa época considerada menos boa que esta (em objectivos), e 30.000 a menos que o ano passado em que tivemos o Nelo Vingada com um inicio de época vergonhoso. Os números não são tudo mas mostram que não basta ganhar à rasquinha para que os adeptos fiquem satisfeitos, NÃO SOMOS O MOREIRENSE (com todo o respeito pelo moreirense).

Quanto ao Edgar, é jogador de regionais, se tanto. 12 golos é um numero enganador, uma vez que 5 são penaltis. Ou seja, na liga marcou 5 golos (se não contarmos os penalties). A mim não impressiona, nem se quer me satisfaz minimamente.

Podem vir dizer que é o melhor (marcador) desde o Saganowsky. Mas eu deixo uma questão, é melhor ou menos mau do que os anteriores? É que bom ele não é. E a mim, ser menos mau não chega.

O Edgar marcou: em portugal:
2007: Beira-mar: 4 golos
2008: porto/académica: 3 golos
2010: Nacional: 12 golos (4 penalties)

13/5/11 21:11
TG disse...

Excelente texto.

13/5/11 22:23
Paulo César disse...

É histórico o mal estar dos Vitorianos. Concordo que este ano empolado pelo sucesso do vizinho.
Porque analisando friamente é uma completa aberração a contestação de alguns a MMachado, pelas razões que o Samuel muito bem expõe. Não obstante MMachado estar ligado aos maiores sucessos desportivos do clube ainda há quem tenha o desplante de vir para aqui e para outros lados, insultar o homem.
Já nem falo do Edgar, tamanha é a injustiça que chega a ser ridículo o tratamento e insultos que alguns lhe dispensam. Devem andar saudosos do Mrdakovic...

No Vitória, se calhar mais do que em qualquer clube há também muito quem a coberto de "querer o melhor para o clube" se aproveite para se promover, use e abuse da crítica, muitas vezes infundada, apenas para contribuir para desestabilizar, por interesses que cada qual saberá, embora a gente vá desconfiando.

No Vitória, como no país, a primeira medida para encarreirar passa por mudar mentalidades.

13/5/11 22:51
José Silva 5071 disse...

Uma competição oficial é um treino e não interessa
Ficar em 5º ou em 11º é a mesma coisa
A exibição não interessa, apenas o ponto

É isto que queres P. Cesar?

Aos 54 anos tem 4 qualificações para a UEFA como treinador profissional, e só subiu na carreira porque o presidente do VSC era o seu presidente no Moreira. Senão andava pela liga de honra.

O Edgar é um zero em qualidade. Sinceramente, ainda mete mais nojo a jogar do que o mrdakovic. É o jogador do Vitória que mais faltas faz, 90% das bolas que lhe vão para os pés são perdidas.
Teve a sorte de encostar quase na linha a bola 5 vezes e marcou 5 penaltis. Se é bom só por se esforçar, ser bom moço e por correr muito atrás da bola, então também eu sou bom, e sou mais barato, pelo vitória até jogo pelo ordenado mínimo... ou até mesmo de graça.
Mas pronto, pode ser que algum clube chinês olhe apenas para os números e decida o contratar sem o ver jogar. Depois azar o deles, não há reembolsos.

Eu quero um Vitória forte, não quero um menos mau do que os outros.

14/5/11 01:04
Paulo César disse...

Jose Silva, quero para já ganhar a Taça de Portugal. Mas o que eu quero e anseio de verdade e ser campeão. De resto, classificações europeias e coisas do género sinceramente se ficar por cima do Braga esta bom. A verdade desportiva não da para mais e não depende muito de nos.

Será possível que tudo o que de bom, todos os objectivos atingidos pelo MMachado, todos os golos marcados pelo Edgar, não haja mérito, tudo aconteceu por sorte, ou por causa do Vítor Magalhaes, ou porque e só encostar ??? Custa-lhe assim tanto admitir o sucesso dos outros ?? Só existe o "se não fosse...". Entendo que não goste deles, mas por favor faca um esforço para admitir o mérito dos outros.

Vai-me desculpar a brincadeira, mas eu acho que você e do tipo daqueles que dão no anuncio da cerveja, você marcava os golos do Edgar de olhos fechados e com uma perna as costas. Provavelmente ainda não percebeu, mas esse anuncio foi inspirado em pessoas como o senhor.

Para terminar gostava que o senhor sugerisse um nome para ponta de lança do Vitoria, um que possamos comprar. Eu também gostava de ter o Falcao, escolha outro, ok ?

14/5/11 08:29
José Silva 5071 disse...

O impensável vai acontecer. O braga vai acabar a liga com melhor assistência média que o Vitória!

Nesta altura o VSC tem 215.445 espectadores em 15 jogos
O Marrocos tem 210.447 em 14 jogos. apoós o jogo de esta noite a pedreira ficará com 230.000 ou 240.000 espectadores.

Com borlas ou sem borlas, e por cá até houveram algumas, a verdade é que pela primeira vez de que me lembro fomos ultrapassados.
Nem quando estivemos na liga de honra, nem no ano que descemos, nem no ano que eles ficaram em 2º e nós tivemos o Neca como treinador.

Da minha parte, um grande VAI PRÓ CARALHO MACHADO. És o único culpado, com este futebol triste, com decisões sem sentido nas convocatórias e substituições, com a total disformidade de tratamento entre jogadores, pela desmotivação que provoca em peças que poderiam ter sido fundamentais como o Rui Miguel e o custódio (em detrimento do cléber), pela forma como encaraste a taça da liga, pelo discurso de superioridade intelectual em comparação com os adeptos, pela merda que trouxeste da Madeira e acima de tudo... Por jogar para o ponto, olha, tás a 6 do marrocos.

Como dizia o Scolari: "E o burro sou eu" por continuar a ir aos jogos esperançoso de que "desta vez é que seja", "vamos fazer um bom jogo", "vamos golear". Eu lá estarei no Jamor, já tenho o meu bilhete, mas se ganharmos, nem 1% de m
mérito te dou ó machado, não esqueço o resto.

Obrigado por mais estas humilhações, não, os objectivos não foram cumpridos.

14/5/11 14:41
José Silva 5071 disse...

Claro que não levo a mal, temos visões diferentes mas todos queremos o mesmo, um vitória campeão.

Infelizmente para mim, sou tão mau como o Edgar. Talvez fizesse menos faltas e desse menos chutos no ar. Mas não tenho ilusões de ter passado ao lado de uma grande carreira.

Quanto a uma sugestão de ponta de lança, olhe, o areias dos juniores. Ou então mesmo jogar com um dos outros avançados, fauzi,targino ou toscano, mas com uma mudança de estratégia e jogar com um jogo menos pelo ar para o PL sózinho na frente, que claramente é jogo perdido com estes que eu disse (com o edgar também em 90% dos casos).

Olhe, e digo mais, o que eu quero é ver bom futebol. Quanto melhor se jogar, melhores são as hipóteses de sucesso. Casos como o do Boavista ou o benfica do "trapalhoni", que dão em campeão à paulada, são muito raros, e normalmente só levadinhos ao colo.

Este futebol sofrível do MM nunca vai dar em nada, a não ser quando tivermos a sorte que tivemos no sorteio da taça.

Prefiro um Bom jogo da 1ª liga do que 4 jogos de m... na UEFA.
Como é óbvio, quero sempre o Vitória na Europa, mas este vitória assim nunca vai dar em nada.

Como disse no comentário anterior, esta época conseguimos sofrer a maior humilhação de que me lembro, nem os 5 -0 com o Porto me fazem sentir tanta humilhação... vamos acabar a época com assistência média inferior à do braga :(


Mas O MAIS GRAVE de tudo, é que eu já ouvi da boca de um jogador do vsc, esta época a dizer:

No vitória não existe cobrança por parte de ninguém da direcção nem da equipa técnica. Não há obrigação de ganhar.

pois é. Talvez um dia eu e mais quem ouviu possa revelar quem foi o jogador a dizer isso.

14/5/11 19:53
Adão disse...

Excelente artigo de opinião. Concordo e subscrevo.
Tenho para mim que o MMachado não vai durar muito no clube, para muita pena minha, porque acho que, com alguns anos de trabalho, poderia criar no VSC uma estrutura ganhadora.
Seja como for, a paciência não é uma virtude dos adeptos do VSC e, por isso, temos de aceitar a nossa quota parte de responsabilidade no insucesso do Clube ...
Apenas um reparo, se vamos ao Jamor ver o Vitória jogar uma Final da Taça, é porque estes jogadores, treinador, direcção e adeptos o conseguiram. Independentemente das críticas que se possam fazer todos estão de parabéns ...
Saudações Vitorianas

20/5/11 11:15