segunda-feira, junho 20, 2011

Às vezes, o silêncio vale ouro!

@ABOLA

"Sei que há interesse de clubes da Alemanha e de França. É um empecilho, a minha cláusula [três milhões de euros] e o Vitória tem de baixar esse valor, atendendo a que falhei os últimos jogos. Gosto muito do Guimarães e da cidade, onde sou feliz, mas espero alcançar algo melhor na carreira". [Bruno Teles]
Há alturas em que o silêncio vale ouro, independentemente das ambições de cada um que são sempre, e em todos os ramos, chegar a patamares superiores, sejam financeiros ou desportivos. Outra coisa diferente é faltar ao respeito à sua entidade patronal, tentando forçar a saída. Para esses, a opção é simples: liderança! A mesma liderança que deve impedir que os jogadores prestem este tipo de declarações ou que obrigue que se retratem após as mesmas, deixando de lado a ideia de que estão sem vontade no clube que lhes paga e que, ao que se sabe, sempre honrou os compromissos. Por isso, e neste assunto, a resposta é simples. Manter aquilo a que Bruno Teles, gentilmente, chama "empecilho" e recusar negociar qualquer transferência abaixo desse valor. Quem quiser, paga! Caso não surja nenhuma oferta, resta a Bruno Teles escolher entre ser profissional e dar aquilo que todos esperamos dele ou treinar sozinho. Até porque Bruno Teles, na altura de assinar o contrato, concordou com a dita cláusula.

Actualização: Percebendo o excesso, o empresário de Bruno Teles tentou "corrigir" as declarações do jogador, prometendo que o atleta "vai continuar a dar tudo pelo Vitória".

17 Comentários:

Somos Únicos disse...

Bruno Teles estava tão bem caladinho, que dignifique mas é a camisola a época inteira e não como fez este ano, que mais para o fim as possíveis mudanças de clube lhe subiu à cabeça.
Aliás já merecia à muito conhecer o banco de suplentes.
Exactamente como disse na altura de assinar concordou com a clausula, senão está bem que se ponha. O Vitória tem de começar a olhar pelos interesses do clube e não do jogador.

www.somosunicos1922.blogspot.com

20/6/11 16:21
lafuente disse...

Falta de ética para com a sua entidade patronal. O Bruno Teles, que se retrate e rápido.
É uma falta de respeito muito grande a do Bruno Teles, pois o Vitória abriu as portas da Europa ao Teles, que era um jogador com um historial de lesões no Brasil.

20/6/11 16:29
José Silva disse...

Realmente acho que era desnecessário essa frase dita pelo Bruno. Mas por outro lado, não se esqueçam que é ILEGAL proibir quem quer que seja de falar. É verdade que vários clubes tem esse tipo de politicas, mas é ILEGAL. Assim como é ILEGAL castigar alguém por dizer o que pensa. A não ser claro que revele segredos de estado ou empresariais protegidos por patentes, ou quando protegidos por sigilo profissional (como médicos ou advogados). Mas em casos como este não existe obrigação de sigilo profissional ou de qualquer outro tipo

Agora ao Vitória resta continuar a exigir que paguem a clausula, se o jogador assinou o contrato, sabia bem no que se estava a meter, a não ser que tenha no contrato a dizer que ele tinha que ser sempre titular, não vejo motivo para baixar a clausula.

A ele resta dar o melhor que sabe para que não duvidem do seu valor como jogador e paguem sem hesitar por ele.

PS: No máximo o Vitória pode apresentar queixa contra clubes que andam a seduzir o jogador sem primeiro ter autorização do clube

20/6/11 16:49
Vimaranes disse...

Caro José Silva, há muitas formas de rodear essas ilegalidades. Desde logo, um jogador só pode falar à comunicação social quando autorizado pelo clube, se quebrar o regulamento interno, pode ser penalizado, e isto é diferente de impedir o jogador de falar. Tem é de existir dentro do clube regras claras quanto a estes assuntos. E se o jogador mesmo assim falar, principalmente, quando tem este tipo de declarações desrespeitosas para com a entidade patronal, deve desde logo merecer uma reprimenda clara por parte do clube (e que espero tenha acontecido).
Quanto ao resto, é simples, manter aquilo que Bruno Teles livremente assinou.

20/6/11 16:55
Vsc1922 disse...

Não consigo perceber o que é que esta direcção anda a fazer, mas que é esta merda?! Agora todos os jogadores podem dizer o que quiserem?! Podem envergonhar e humilhar o clube e os seus associados?? Ponham mão nestes gajos de uma vez por todas, ainda agora na apresentação do Olimpio e do Paulo Sérgio, disseram o "Guimarães" e não o "Vitória" mas será que o nosso presidente e restantes elementos da direcção também tratam o nosso clube por "Guimarães" é que eu não sei com quem é que eles aprendem essa merda, enfim sinto-me envorganhado com as notícias que surgem em torno do meu clube a cada dia que passa.

20/6/11 18:08
José Silva disse...

"um jogador só pode falar à comunicação social quando autorizado pelo clube"

Ai está uma ilegalidade, tentar dar-lhe a volta é já por si uma falta de ética indesculpável, e um atentado repugnante à liberdade de expressão.

Não se pode um dia criticar a sujidade do futebol (e da sociedade) e depois atirar lixo pró chão só porque o caixote está do outro lado da rua.

Deve ser incutida uma mentalidade de respeito, como é óbvio, mas antes de se castigar deve-se educar.

Se merece jogar, joga, e pode ser que alguém pague, se não tem qualidade ou rendimento para jogar, fica no banco ou na bancada e não recebe prémios de jogo. E pode até ir para um clube inferior. O castigo acaba por ser auto-infligido pela perca de lugar na 1ª equipa. Não por castigo moral, mas por falta de rendimento.

Se faltar aos treinos, se bater em alguém ou mandar o treinador para o C... Aí sim, deve ser multado (é LEGAL).

20/6/11 18:20
Vimaranes disse...

Não vejo onde possa estar a ilegalidade de um clube ter no seu regulamento interno a necessidade do atleta ter de ser autorizado pelo clube para falar à comunicação social. Há regras internas em qualquer clube. Por esse prisma, punir um atleta por mandar o treinador para o C... também poderia ser entendido como um atentando à liberdade de expressão. Tanto é um desrespeito a quem paga, insultar os seus superiores como forçar saída através de declarações sobre contratos que, livremente, assinaram.

20/6/11 18:27
Vsc1922 disse...

Oh José Silva deixa-te disso, se um jogador quer dizer o que bem lhe apetece que não assine pelo Vitória e ponto final. A partir do momento que assina contrato com o clube só tem de cumprir com o contrato e mais nada, os problemas internos são para resolver com o clube e não através da imprensa.

20/6/11 18:33
José Silva disse...

Caro Vsc1922, essa causa parece-me perdida até que o outro vitória desapareça de cena. O MM diz cinco vezes Guimarães por cada uma que diz Vitória.

Mas nota-se realmente uma diferença entre as declarações dos jogadores, treinadores e demais membros do VSC e as do VFC, os do outro referem-se sempre ao Vitória e nunca ao Setúbal.

Mas qualquer um de nós se for algum lado e nos perguntarem de que clube somos, teremos inevitavelmente que dizer Vitória de Guimarães.

- és de que clube?
- Do Vitória.
-Qual deles?
- do Vitória Sport Clube
- Qual????
- O de Guimarães

20/6/11 18:35
Vsc1922 disse...

Nos anos 90 eram poucas as pessoas que mesmo fora da nossa cidade não nos tratavam por Vitória, e porque será?

20/6/11 18:39
José Silva disse...

A lei é a lei, e é um facto que clubes com essas clausulas estão a quebrar-la. Os regulamentos dos clubes ou empresas não pode nunca contrariar a constituição, pode não parecer mas existe uma!

É ilegal no sentido de que é ilegal proibir alguém de expressar a sua vontade ou opinião desde que essa não ponha em causa o bom nome de alguém ou de algo, e desde que não revele factos protegidos por sigilo.

É quase como achar bem que os jogadores emprestado fiquem misteriosamente todos lesionados no dia antes de jogarem com a equipa que os está a emprestar!! Não é contra os regulamentos da FIFA que os jogadores se lesionem! No entanto é contra os regulamentos que se proíba, ou que sequer se acorde amigavelmente a proibição, da utilização dos jogadores emprestados contra o clube que empresta.

20/6/11 18:46
sadas disse...

já é certo o futsal? O vitoria sempre adianta

20/6/11 20:28
Rui Silva disse...

José Silva, olha que se disseres "Bitória" eles devem perceber logo... :)

20/6/11 21:40
Sakana disse...

ÚLTIMA HORA: VILAS SALTITÃO ENCURRALADO

www.sakanagem69.blogspot.com

Divulguem

21/6/11 06:09
OS INTOCAVEIS disse...

Espero bem que o vitoria não baixe a cláusula isto porque quando foi para ele renovar soube bem pedir tudo e mais alguma coisa, acho justo agora que o vitoria seja ressarcido do investimento que fez. ele tem é memoria curta ... por isso joga a bola e ta caladinho .
HASTA LA VITORIA SEMPRE...

21/6/11 11:38
Pantic disse...

Ai ai ai ai, que desconsideração pelo Vitória. Esse Rogério Matias disfarçado merecia era ter o Pimenta como Presidente. Já não respeito. Por mim era um ano sem jogar, assim era fácil o jogador conseguir o que queria, que é baixar a cláusula...

21/6/11 12:43
vitoria até depois da morte disse...

Este Bruno Teles é mesmo cómico. Só de Brasileiro e de favela. Este gajo que se sente no sofá lá de casa e reveja a porcaria dos jogos que fez no último terço do campeonato. Veja quantas grandes penalidades cometeu infantilmente e quantos pontos e vitórias o Vitória perdeu com esses seus erros grosseiros. Deveria ter saído mais cedo da equipa, mas infelizmente uma vez mais o técnico do Vitória não soube gerir os recursos humanos de que dispunha no plantel. Se o teu feito talvez hoje ninguem se lembrava que no Vitória há um defesa esquerdo chamado Bruno Teles.

22/6/11 09:44