sábado, junho 25, 2011

Bruno Teles diz estar feliz no Vitória


O lateral direito brasileiro do Vitória Bruno Teles afirma estar feliz no Vitória e, em conversa com o VIMARANES e em declarações ao sítio oficial do clube, desmente a ideia de poder estar descontente no Vitória, após a polémica provocada pela sua entrevista ao jornal OJOGO.O jogador, em conversa com o VIMARANES fez questão de dizer que não utilizou expressões como "empecilho" e ao sítio oficial do Vitória diz mesmo que "não quis faltar, de forma nenhuma, ao respeito à Instituição e aos seus adeptos".

Teles afirma que a surgir alguma oportunidade de sair, a mesma terá sempre de "ser bom para mim e para o Vitória", porque sempre "fui feliz no Vitória e em Guimarães" e "quer ajudar o Vitória a fazer mais uma excelente temporada e atingir os seus objectivos".

Esclarecido o mal-entendido, espera-se que o jogador possa continuar a dar o seu contributo ao Vitória com a qualidade que lhe é reconhecida, ajudando o clube a fazer uma excelente temporada. Este episódio, volta a deixar bem claro que o clube tem obrigação de melhorar a sua política de comunicação, para evitar situações do género.

9 Comentários:

jotafundador disse...

Os jornalistas, tal como muita gente, querem é meter lenha na fogueira...
O Bruno é um grande jogador e é também uma pessoa com boa formação, ao ponto de eu acreditar que ele não utilizou determinadas expressões que o tal jornal escreveu. Enfim, não foi nem será caso único a passar pelos jornais que nos denominam por "o Guimarães" e não por VITORIA.

25/6/11 16:04
lafuente disse...

O Bruno Teles é sem dúvida um bom valor, mas na parte final da última época visualizava-se que já não tinha frescura física e até psicologicamente (pois cometeu penaltys infantis).
Que na época que se avizinha regresse em alta aos relvados, e mostre o seu grande valor.

25/6/11 16:10
4QUEIJOS disse...

Força Bruno.

25/6/11 16:37
Paulo César disse...

Curiosas as posições dos autores deste blog. Quando é para malhar na direcção apoiam-se na imprensa, usam grandes manchetes e nem sequer repudiam quem faz campanha contra nós.
Agora para desculpar um jogador que abriu a boca demais, que se está a marimbar para o Vitória e quer é sair, afinal a imprensa é que gosta de meter lenha na fogueira...

O clube é que tem de melhorar a política de comunicação ? Ou os jogadores é que têm de melhorar a política de comunicação e gestão de carreira ? É de rir Vimaranes !!
Apoiem o Vitória porque os jogadores querem é ganhar o deles, querem é sair assim que alguém lhe dê mais algum. E o clube fica.

Eu acho que foi mais um que a direcção meteu na linha. Para quem dizia que não havia pulso com os jogadores, já é o 2º que baixa a bola.
Tudo bem que o blog não tem obrigação de ser imparcial, mas custa assim tanto ser justo ?

25/6/11 18:20
Vimaranes disse...

Caro Paulo César compreendo que o excessivo calor possa porventura ter causado alguma mossa em si e no seu pensamento, por via disso, não lhe vou responder como gostaria. A diminuição da temperatura prevista para os próximos dias talvez resolva esse problema.

Se leu o post anterior sobre este assunto percebera que condenei as declarações do referido jogador. As suas novas declarações em que desmente o uso de certo tipo de expressões só as poderá confrontar com o respectivo atleta. E só o jornalista em questão, as poderá confirmar.

Quando digo e repito que o Vitoria terá de melhorar a sua política de comunicação, tem a ver não apenas com este caso. Creio que não e admissível que um jogador preste declarações a quem quiser e que o clube não tenha sempre um elemento da sua estrutura ao lado dos jogadores quando os mesmos dão entrevistas para evitar os mal entendidos de que se queixa Bruno Teles, com razão ou não, terá de perguntar ao jornalista em questão. Limito-me a comentar aquilo que vejo. Agora, se o jogador o disse mesmo e da forma como foi reproduzido, então fez muito bem a direcção em obrigar um desmentido, esperando eu também uma punição interna por ter dito o que não devia. Isso para mim é claro, chama-se Bruno, Zé ou António.

E outra coisa caro Paulo César, esta no seu direito de comentar o que quer que seja, mas não acha também de rir que sempre que comenta terá de ser sempre para criticar a minha opinião? Curiosamente em tantos e tantos posts em que se elogia este ou aquele ou quando se elogia este ou aquele assunto, o senhor raramente deixa as suas opiniões, Opções, claro esta. Mas francamente ate lhe gabo o tempo que dispõe, porque tirando este ultimo caso, até eu já não comento o que comenta e assim continuará.

Continue a visitar-nos! E um bom fim-de-semana.

25/6/11 20:15
Paulo César disse...

Vimaranes, obrigado pela preocupação, mas passei a tarde num local bem fresco.

Pelo que temo realmente que o calor lhe tenha afectado o raciocínio a si. É que tenho-o por uma pessoa inteligente. Eu referi-me aos AUTORES do blog, e se reparar separei as águas. Num parágrafo critiquei quem "para desculpar um jogador que abriu a boca demais, que se está a marimbar para o Vitória e quer é sair, afinal a imprensa é que gosta de meter lenha na fogueira... ". É óbvio que no que toca ao uso da comunicação social para usar contra a direcção, a carapuça também lhe assenta como uma luva. Já entendi que o blog não é imparcial, mas pelo menos tentem ser coerentes.

Vamos agora à política de comunicação, em que a crítica é directa para si. Então você propõe um "cão de caça" para andar com os jogadores sempre que têm de falar à comunicação social ?? Eu compreendo as relações de amizade que tem com alguns jogadores, que os levem a jantar e tudo o resto, mas você não acha que OS JOGADORES é que deviam ser responsáveis por aquilo que dizem e terem noção que assinaram de livre vontade com o Vitória ?? Que o Vitória é que lhes paga ?? Quer amordaçar os jogadores ?? Mas vá lá, vejo que fez num comentário aquilo que não tem coragem de fazer num post, elogiou a direcção: "então fez muito bem a direcção em obrigar um desmentido, esperando eu também uma punição interna por ter dito o que não devia. Isso para mim é claro, chama-se Bruno, Zé ou António"

Caro Vimaranes, eu comento muita coisa, estou a ver que demais para o seu gosto. Já lhe disse noutras ocasiões, tenha coragem e não publique os meus comentários. Porque é notório que o incomodam. Eu não vou levar a mal, não se preocupe.

25/6/11 20:26
Vimaranes disse...

Se há qualquer incómodo e atendendo aos seus escritos, pelos vistos o incómodo é recíproco. Como lhe disse e repito, não tem de haver um "cão de caça" tem é de haver um regulamente. Os jogadores só prestam declarações com autorização do clube e quando prestam tem de haver um seu responsável presente no local. É simples. Quem não cumprir o regulamento, terá certamente de ser punido, como é normal.

Quanto à parcialidade ou imparcialidade, já o escrevi muitas vezes. Quem procurar imparcialidade num blogue de opinião, está a perder o seu tempo. Para isso têm os jornais e os sítios oficiais dos clubes. Quando são.

25/6/11 20:38
Paulo César disse...

Já lhe respondi, compreendo a parcialidade. Mas a COERÊNCIA não a vejo como uma opção, mas sim como uma obrigação. Pelo menos para mim, se para si não é...

É claro que me incomoda ! Incomoda-me e muito quando tentam desculpar e branquear uma atitude de um jogador que pelas suas palavras prejudica o meu clube. O clube que apesar de Bruno Teles vir com carimbo de acabado para o futebol, de ninguém lhe pegar, lhe deu uma oportunidade. E ele paga com ingratidão. Mas que é isto ??

Sou a favor de um regulamento interno, que ao que me parece e pelos acontecimentos recentes
com Bruno Teles e Nilson já deve estar em vigor. Sou totalmente contra qualquer proibição de falar. Mas olhe, a haver alguma restrição à comunicação, que os proíbam de falar com os blogueiros.

25/6/11 21:25
Vimaranes disse...

Sem autorização... Com todos!

25/6/11 21:37