quinta-feira, outubro 06, 2011

Momento Actual


Facto 1: os estatutos do Vitória Sport Clube consagram a possibilidade de convocação de uma assembleia-geral com vista à destituição da direcção.

Facto 2: Da mesma forma, que os sócios concederam legitimidade através das urnas aos actuais órgãos sociais para o desempenho das suas funções, também os sócios podem, legitimamente, e em AG optarem pelo devolução da palavra aos associados, provocando eleições antecipadas.

Quanto a isto, nenhuma dúvida, por ser tão claro como água. Daí que veja com surpresa, uma vez mais, a postura do presidente da mesa da AG do Vitória sobre a possível entrega de assinaturas para a convocação de uma AG extraordinária, tal como consagrado nos estatutos.

João Cardoso diz que os estatutos precisam de ser revistos, eu acrescentaria que também a forma como frequentemente determinadas pessoas encaram o cargo de presidente da mesa da AG, precisa de ser revista. Não raras vezes, essa posição tem sido exercida de modo nada independente, como parece ser uma vez mais o caso, atendendo às duas últimas declarações de João Cardoso.

Relativamente à recolha de assinaturas, assumo sem qualquer problema que assinei, porque solicitado, já duas moções tendo em vista a marcação da dita AG para ser coerente com a linha de pensamento que já há muito aqui tenho deixado. Claro que, tal como sempre escrevi, sou da opinião que os mandatos devem ser cumpridos até ao fim, mas sou igualmente defensor que tal situação apenas deve suceder se estiverem reunidas todas as condições para tal.

Os constantes desrespeitos pelos associados, os frequentes negócios mal explicados, o crescente afastamento dos associados do clube, a degradação do clube enquanto força desportiva no nosso país, a noção clara de que o actual projecto desportivo e financeiro está falido e a ausência de qualquer projecto de médio-longo prazo no clube dentro destes dois âmbitos, são quanto a mim razões bastantes para o Vitória mudar de rumo e os sócios voltarem a ser chamados a decidir.

Já é claro para todos, e há muito tempo, que actual direcção do clube vive no limbo, o que tem arrastado o Vitória para um rumo que não é, nem poderá ser aquele que desejamos. Os associados do Vitória precisam de voltar a acreditar no clube, precisam de voltar a sentir que o clube é defendido, o Vitória precisa de voltar a ser respeitado, os adeptos precisam de voltar a unir-se em volta do emblema para o recolocarmos na senda daquilo que são os seus pergaminhos e que era a vontade dos seus fundadores.

O Vitória precisa renascer! E creio que é mais do que claro que isso não será conseguido com o actual corpo directivo. Por isso, defendo que já ontem era tarde, (antes que amanhã o seja verdadeiramente), para alterarmos o nosso rumo.

Creio que, como sempre, e como o comprovaram todos os actos eleitorais anteriores, o balneário estará blindado a quaisquer movimentações do género se vierem a ocorrer e poderá continuar o seu percurso rumo a uma classificação que nos orgulhemos. Agora, acredito ser este o momento de agir. Sem medos. Com respeito por todos e pelas opiniões de todos. Acima de tudo, mesmo não se concordando com o actual estado de coisas, com respeito por quem (queremos sempre acreditar) deu o melhor de si, pelo clube.

Usando, para isso, dos mecanismos que os estatutos consagram para que apareçam as alternativas ao actual elenco e que possam ajudar a construir o futuro. Contudo, é importante também que numa altura que se perspectiva emotiva, os associados saibam decidir também com a razão, não esquecendo ou não passando uma borracha sobre aquilo que foi também o passado do clube.

O futuro é em frente! Repito, em frente!

19 Comentários:

ricardo sempre disse...

Ando cá á mais de 30 anos como sócio e nunca vi fartura de candidatos crédiveis, na minha opinião nunca vou ver.
E Não sou pessimista.
Pòs Pimenta prespecticvou-se que vários candidatos fortes podecem aparecer, mas não, veio um com vontade e até descemos, chegou outro, também com vontade e como se diz "quem faz o que sabe e o que pode jamais é obrigado".
Na verdade este também não vai levar o clube onde se deseja.
Mas ao ponto de querer destituir uma direcção eleita com 69% dos votos é do mais absurdo que já vi.
Farei sempre a pergunta:

Alguem tem soluções financeiras para o clube?

Só faço esta pergunta da qual a mim me tira o sono.

Se os sócios acharem que eleger um GRANDE VITORIANO TESO chega para resolver a questão, então eu votarei no 1º que se apresentar.

Vamos em frente.

6/10/11 15:51
Marco Ribeiro disse...

Totalmente de acordo. Esta direcção é um cadáver que urge enterrar porque já fede.

Quanto a esse senhor João Cardoso acho que estamos todos esclarecidos quanto à sua "imparcialidade".

6/10/11 15:58
cristiano disse...

Não sou defensor desta direcção, de facto tem feito imenso disparates, mas mudar de direcção não é o mesmo que mudar de jogadores. Esperaria por maio com mais tempo para o fazer, porque nesta altura não vejo ninguem com confiança ou com credibilidade para assumir os destinos do clube. Não quero voltar ao passado (até parece que com ele não vivemos também tempos muitos complicados) e também não quero uma pessoa que pensa que o Vitoria é uma feira de vaidades.
Estamos numa fase importante da época, é preciso saber o que se faz... mas se aparecer alguém credivel que se assume.

6/10/11 16:23
Vimaranes disse...

A questão do timing levantada é também importante. Uma eventual AG extraordinária e destituição da direcção, sem olhar para os estatutos levaria muito provavelmente as eleições para o início do próximo ano, o que daria tempo para que quem viesse a entrar preparasse também a próxima época (as regulares também ocorrem entre Fevereiro e Março). Mais tarde do que isso é sempre complicado para quem entra tomar conta de dossiers e preparar épocas que se avizinham.

6/10/11 16:27
JMachado disse...

Caro Ricardo o pasteleiro ganhou o euromilhoes e nada percebe. Por vezes pessoas simples fazem a diferença. Esses da nota querem é conhecimento para tentar vender o produdo pessoal,nao melhorar um clube com enorme valor!!!

6/10/11 17:31
Me disse...

Esse senhor Paulo Emanuel Mendes não e o empresário do Rabiola ? Aquele a quem o Milo pôs os patins no negócio com o FCP ?
Vinganças ? Alguém confirma se e ele ?

6/10/11 18:01
Vimaranes disse...

Era o empresário do Rabiola, sim.

6/10/11 18:04
ricardo sempre disse...

Sabe JMachado, o pasteleiro segundo eu sei tem sido a melhor arma financeira desta direcção.
Quanto ás funções desportivas na verdade não percebe nada.
Segundo sei o Vitoria quando nao tem dinheiro em caixa para pagar ordenados e outros compromissos vai ao banco para descontar livranças e rondam sempre entre os 300/400 mil euros e quem vai dando os avais é sempre o Paulo e até o Milo.
A pergunta é simples.
Quem se candidata com este poder bancário?
Agora se vamos ter um candidato que não sabe quando terá dinheiro para pagar ordenados e pede a todos que esperem, nesse sentido então posso ser eu candidato.
O dinheiro que entra no Vitoria, desde Tranches de vendas de jogadores, Sport Tv, Publicidade, cotas, bilheteiras, venda de camarotes etc é tudo valores que ao longo da época vai entrando aos poucos, seja no Vitoria seja noutro clube qualquer.
Para ser um sócio qualquer a gerir o clube, o cenário mais obvio passa pela SAD.
O Pimenta falar fala ele mas vir cá não vem.

6/10/11 18:15
José Silva disse...

Um candidato teso ou não?? Bem...

O Milo tem dinheiro, o P. Pereira tem dinheiro...

Eles metem dinheiro no Vitória???

Eu só vejo é o passivo a subir.



Hoje ouvi na rua uma pessoa dizer que o que é má altura porque precisamos de ESTABILIDADE.

O que é mais estável? Uma rocha enterrada num buraco ou um avião nas alturas?

Se preferem a estabilidade do buraco, então força.


Não podemos é depois esquecer também de exigir uma mudança de estatutos para impor mais transparência nos negócios e nos protocolos.


PS: Um à parte. E a RELVA? já foi feita alguma coisa para reparar aquela vergonha????

6/10/11 18:24
vitoriadofuturo disse...

Caro Ricardo, nós temos um plano financeiro para o clube e uma dessas soluções é a de deixar depender em grande parte dos bancos para sustentar o clube a nível financeiro. No contexto actual muito dificilmente se consegue dinheiro das entidades bancárias por isso o Vitória não pode nem deve viver acima da sua capacidade... Como o fazer? É preciso criar mecanismos que forneçam constantemente capacidade financeira ao clube e reduzir drasticamente a despesa do clube. Diminuir a quantidade e a mediocridade e aumentar em qualidade. Ou seja pouco mas bons do que muitos mas fracos. Aproveitar os recursos que o clube produz em detrimento da importação e um melhor aproveitamento das estruturas físicas do clube. Criar activos fortes e elaborar um plano financeiro que permita o Vitória de viver dos seus próprios recursos. Como já disse aqui há muito tempo, a filosofia deste clube tem que ser de um clube vendedor e de criação de produtos apeteciveis para atrair possiveis interessados. Ora com contratações de extra-comunitários, de jogadores com mais de 30 anos de idade e muitos deles de qualidade muito duvidosa não existe clube nenhum no mundo que resista porque simplesmente o produto que puseram na montra para vender já está gasto ou ultrapassado. Um plantel com uma média de idades entre os 27 e os 28 anos não nos trará nada de bom a nível financeiro nem desportivo. E claro daí termos que andar sempre a recorrer aos bancos e cada vez mais a endividar o clube. Esse não é o caminho para o sucesso, como nos veio provar esta crise que se baseou nesse tipo de gestão, mas sim para o abismo.

6/10/11 18:56
Afonso disse...

Ricardo Sempre, só quem tem dinheiro tem direito a viver?

A pensar assim começo a pensar que o Sr. trabalha no Ministério da Finanças!

Quem lhe disse que não podem aparecer outras pessoas com dinheiro?

Já agora pergunte a esses endinheirados se já pagaram as obras todas do SPA, se já pagaram o que devem ao Hotel de Guimarães e qual a razão de termos neste momento um processo movido pelo MP por causa dos dinheiros do negocio Bebè?

O que alguns destes senhores pensam que caracter, dignidade e competencia se conseguem arranjar entrando em qualquer Supermercado e apresentando o Cartão de Credito para depois descontar nas contas do Clube!

6/10/11 18:57
JMachado disse...

Caro Ricardo quem se aproveita do VITORIA como este gajo que eu falei o minimo que pode fazer é emprestar o que ele tem em demasia. Será que ele nao quer por o passivo a 0? Aí dava a mao a palmatoria pois via-se o amor ao clube nao é fazer jantaradas no mitpenha.

6/10/11 19:06
João Carvalho disse...

Caro vimaranes;
assino por baixo. O comportamento do presidente da assembleia geral já passou os limites do decente.Nunca foi capaz de compreender a dimensão do cargo, tornou-se uma caixa de ressonância da direção, pura e simplesmente ignorou todos os deveres de isenção e está a prestar um péssimo serviço ao Vitória.
Cabe aos sócios mostrarem na ass. geral quem de facto está a prestar um mau serviço ao clube.

6/10/11 20:07
Sonho Vitoriano!!! disse...

É essencial ter muita calma e cabeça fria nesta altura. Também eu acredito que está na hora de tomar uma atitude, mas temos sempre que pensar no futuro sem esquecer o passado. Está na hora de destituirmos esta direcção, mas temos que ter muito cuidado com escolha da próxima direcção, é que mais uma direcção como esta e não sei se o Vitória aguenta.
Quanto ao facto de não haver alternativas, eesa é uma falsa questão, pois certamente só depois de marcadas as eleições é que irão surgir as alternativas, pelo menos as mais credíveis. É que não há ninguèm, que seja credível, que vá agora anunciar uma candidatura sem que estejam marcadas eleições.

6/10/11 23:21
Always Vitoria disse...

Penso que o momento para marcar eleições antecipadas até não é mau, se forem marcadas agora serão realizadas entre janeiro e Março, penso eu, o que até era bom, visto que ainda dava para renovar com quem queriam renovar, e daria grande espaço de manobra para preparar a próxima época... Se estivermos à espera do fim da época, isso sim, será má altura pois irá permitir que ainda seja esta direcção a começar a preparar a nova época ou que a outra chegue tarde demais, por exemplo no meio da pré-época com novo treindor provavelmente e novas ideias..

Por isso se é para avançar temos que avançar já!!

Mas, e porque há sempre um mas, o problema é que não avança ninguem com capacidade para dirigir o Vitoria...

O sr. Pinto Brasil, é simplesmente anedótico, para ser simpático, embora haviam pessoas interessantes na sua lista, quanto ao Sr. Luis Freitas pelo que li parece ser mais do mesmo, embora admiro muito a sua coragem e tambem ainda não o vi em acção por isso pouco me posso pronunciar e quanto ao Dr. Pimenta Machado não acredito que se recandidate...

Por isso mudar sim, mudar agora sim, mas para pior (Pinto Brasil) não!!!

Então o que fazer?? Arriscar, marcando eleições antecipadas na confiança que gente competente se candidate mas no risco de termos por exemplo Pinto Brasil eleito, ou nada fazer e continuar com a mesma direcção???

Eu sinceramente não sei...

6/10/11 23:28
ar disse...

Eu sou um dos apositores desta direçao que considero nao ter capacidade para dirigir o nosso VITORIA,mas cuidado com esta destituiçao! e necessario haver candidatos prontos a avançar e ate agora nao vejo nenhum!Vao me dizer o sr Pinto Brasil?pois eu nem considero esse como opçao para presidente do VITORIA,tudo o que ele tem dito ate agora e assustador!
Apelo ao bom senso de todos para que nao venham tempos mais dificeis para o nosso clube.
Ainda assim devemos aguardar pela assembleia no fim deste mes,para ver as contas do clube e termos a noçao do que estes senhores andam a gastar o dinheiro do vitoria!
Para mim o valor do passivo sera o ponto inicial para a viragem de rumo do nosso vitoria!

7/10/11 08:44
cristiano disse...

Neste momento parecemos uma feira de vaidades, é pimentas, é pedro xavier, é pinto brasil, é milo macedo, é joão cardoso, só falta manuel almeida vir atacar alguém. Que circo está montado.

7/10/11 11:33
Romano disse...

Bem, se o Vitoria não tem dinheiro para ordenados simplesmente não os vai buscar!!! O problema é que vivemos acima das nossas possibilidades e fazemos vida de ricos!! O problema é a falta de coragem da nossa Direcção em falar abertamente com os sócios e explicar a nossa realidade! O nosso próximo presidente vai ter de ter muita coragem, para fazer uma limpeza geral no clube, cobradores, funcionários tem de ser em todo lado, limpar com os vícios todos desta casa! só em funcionarios gastamos 1 milhão e tal mil euros por ano...será preciso assim tanta gente? Modalidades amadoras gastamos 1.500 milhões...pá...são amadoras...preocupem se com a formação, formem pessoas de Guimarães, que bonito era ter uma equipa de voleibol só com jogadores nascidos em Guimarães....pá...não eramos campeões...ok se calhar não mas quantas vezes já fomos campeões???? não sei..1? ao menos tinhamos o orgulho de ter uma equipa de VITORIANOS e não de pessoas que passam por aqui...ganham o deles e Guimarães nada lhes diz...no Vitoria é " TUDO À GRANDE" e não passamos de uns tesos ...

7/10/11 16:44
Ricardo disse...

Boa noite a todos os Vitorianos. Convém dizer que não chega falar em estátuas nem vir dar entrevistas de "doutor" como se em 30 anos de mandato tivesse ganho algum titulo! Gerir o Vitória só quem lá esteve e quem lá está o saberá dizer a sua dificuldade. Mas quanto ao que se vê está aos olhos de todo o mundo vitoriano, e no que respeita a conquistas / feitos comparados com os nossos principais adversarios (braga e boavista) temos um ZERO REDONDO!! Já chegou o tempo em que ter dinheiro no bolso e querer protagonismo chegava para ganhar eleições. Os tempos são outros e Eu quero para o meu Vitoria, sangue novo, a ferver de ambição, vontade, muito trabalho e querer mais e mais!! Chega de equipas sem profissionais sem amor ao clube e sem dedicação a 100% a um Simbolo, sem saber o que fazer ao leme do Vitoria e da "Marca Vitória" que é uma das maiores Portuguesas que, note-se, está perdendo notariedade e solidez a cada dia que passa. Claro que do falar ao fazer vai uma longa distância e dificil de percorrer, mas como tudo na vida e o que aprendi foi que só estando lá e com muita vontade de fazer mais e melhor é que se podem tirar ilações e verificar resultados... Vejam as estatisticas até ao momento neste site http://www.ligaportugal.pt/SiteCollectionDocuments/%C3%89poca%202011-2012/Estat%C3%ADsticas%20Oficiais%20Liga%20Portugal_Setembro%202011.pdf onde aparecemos no TOP3 em.. Faltas cometidas!.... Bem isto são apenas estatisticas claro, mas delas se fazem os resultados do trabalho durante a semana amigos, e o meu Vitoria faz-se de resultados desportivos, e desde que nasci ainda não vi um resultado positivo, isto é, Titulo... Resta-me dizer que espero que a situação em volta do meu clube estabilize o mais rapido possivel pois isto tudo em torno do VSC faz mal.. mas os sócios mandam e o que eles querem é mais forte que tudo, por isso, sempre em prol de um Vitoria Maior as mudanças serão benvindas... E como sou um simples jovem que ama o seu clube e que lida com gestão todos os dias, quero o melhor para o meu clube. Vamos pensar em consciencia e no que o Vitoria precisa urgentemente.. Tranquilidade e remar para um só lado! Ricardo pliteiro Silva. VSC_ADM.

7/10/11 23:12