terça-feira, dezembro 13, 2011

10 º Aniversário da elevação do Centro Histórico de Guimarães a Património da Humanidade

Largo do Toural – Guimarães, 13 de Dezembro de 2011

8 Comentários:

DMFS disse...

Ridiculo...,para não dizer outra coisa, o tom de "comicio" usado pelo "todo poderoso" presidente no discurso da cerimónia de inauguração. E a "populaça" toda a aplaudir.....!!!

14/12/11 09:51
Marco Ribeiro disse...

Já agora o que denominas de "populaça" não pode aplaudir o que quiser?

Tanta superiodade moral vem de onde?

14/12/11 14:47
SPCova disse...

DMFS, considerando, na minha opinião, o excelente trabalho desenvolvido que colocou a cidade no mapa nacional e internacional (onde claramente nunca esteve), bem como o facto de não haver recandidatura do dito presidente, acho extremamente ofensivo que utilize esse termo pejorativo para definir quem lá estava.

14/12/11 15:07
DMFS disse...

Lições de democracia mão recebo de ninguém, muito menos desse "senhor" que não respeita ninguém que não seja da "côr" dele. Quanto á "populaça" é o termo encontrado para definir os apoiantes dele que, lógicamente, têm todo o direito de lá estar. Quanto ao resto, é tudo muito bonito mas, a mim, interessa-me muito mais o concelho na globalidade dado que moro numa freguesia do limite que não "mexe uma palha" há mais de 10 anos. Saudações democráticas.

14/12/11 18:08
José Silva disse...

Subscrevo completamente SPCova.


Infelizmente estava doente e não pude assistir.


PS: "jotafundador" se puder responder ao mail que enviei ontem para o mail do Vimaranes, agradecia. Caso não esteja na caixa de correio, então talvez no spam

14/12/11 18:20
SPCova disse...

"populaça
Significado de Populaça

s.f. O povo das classes baixas; plebe, ralé."

Não pretendo dar-lhe lições de democracia, sobretudo considerando o seu provável alto estatuto social que lhe permite catalogar assim quem não concorda consigo. Apenas dei a minha opinião sobre o trabalho desenvolvido. A possível cor partidária (que eu pessoalmente não tenho) não pode toldar a visão dos acontecimentos. Concordo que muitas vezes a visão centralista dos concelhos faz com que se negligencie algumas freguesias periféricas, mas muito sinceramente, e isto vindo de alguém que não vota no concelho mas lá faz muita da sua vida, tenho uma opinião francamente positiva do desempenho. Mas não em absoluto que isso não faço de ninguém.
Lamento, mas a sua firmeza em qualificar como ralé os apoiantes do sujeito impedem-me de aceitar as suas supostas saudações democráticas.

15/12/11 00:09
DMFS disse...

Meu caro SPCova, segundo o dicionário de lingua portuguesa da porto editora (com acordo ortográfico) o termo "populaça" significa "aglomeração de povo";"multidão de populares" e também admite o termo "ralé". Portanto o termo "ralé" só se serve dele quem quiser, quem estiver de má-fé, o que não é o meu caso. Eu combato o "individuo" não as pessoas. E por aqui me fico para não ferir mais susceptibilidades.

15/12/11 08:38
SPCova disse...

Obrigado pelo esclarecimento. Ou seja, e apenas a título de exemplo, se eu chamar Panxxxxx a alguém, estou apenas a referir-me à profissão de fazedor de panelas e qualquer ligação à homosexualidade só pode ser feita por que estiver de má fé. Estamos perfeitamente esclarecidos.
Mas realmente este não é o local exacto para discussões semânticas. A verdade é que a sua cidade está bonita, pujante, cultural e activa. Apesar da crise. E faço votos para que a sua freguesia saia do esquecimento.

15/12/11 14:44