terça-feira, dezembro 13, 2011

O Património somos nós! 10º Aniversario

(Foto do Toural antes das obras de requalificação para a Capital Europeia da Cultura - 2012)



Hoje, 13 de Dezembro de 2011 passam 10 anos sobre a decisão da UNESCO de incluir o Centro Histórico de Guimarães na lista do Património Cultural da Humanidade.

Um vasto leque de actividades a envolver escolas, galerias, associações e outra entidade locais, preenchem a iniciativa “O Património Somos Nós” que visa, precisamente, assinalar a passagem dos 10 anos de Património Cultural da Humanidade.

Do vasto programa marcado para as celebrações, Realce para a reabertura oficial do (novo) Largo do Toural e da Alameda de S. Dâmaso, depois das extensas operações de requalificação urbana a que Guimarães e os Vimaranenses se sujeitaram.

A partir das 18 horas do dia de hoje, actuação na escadaria da Igreja de S. Pedro pela Orquestra de Sopros e Coro Infantil da Academia de Música Valentim Moreira de Sá de Guimarães. Seguidamente o presidente da Câmara Municipal de Guimarães proporá um Brinde pelo 10º Aniversário da Classificação do Centro Histórico de Guimarães como Património Cultural da Humanidade pela Unesco.

No final da cerimónia as (novas) luzes do Toural e Património Histórico do Largo da Oliveira vão ligar-se em sinal da celebração do 10 aniversário do Património Cultural da Humanidade.

Guimarães está em festa!

2 Comentários:

DMFS disse...

Com que então, e como estamos em contenção de custos, não foi possivel colocar as tradicionais iluminações de Natal e é possivel colocar focos potentissimos a iluminar, pasme-se....as estrelas!!?? Como somos governados por uma troupe de "republicanos, laicos, socialistas"...e burros, digo eu, talvez seja este o sinónimo de tradição na "sociedade maçónica" deles.

13/12/11 09:15
jotafundador disse...

Carlos Teixeira presidente da ACIG conseguiu ontem a anuência de várias entidades assim como da Câmara Municipal de Guimarães e a solução foi já encontrada.

Associação Comercial e Industrial de Guimarães (ACIG) reuniu com a Câmara Municipal no sentido de colocar luzes de Natal em quatro ruas – Rua de Santo António, Rua de Gil Vicente, Rua de Paio Galvão e Rua da Rainha. O acordo já tem luz verde, pelo que estas ruas centrais e contíguas ao Centro Histórico vão ter as tradicionais iluminações, desta vez em forma longitudinal. As iluminações terão obviamente custos controlados e contam com a importante comparticipação dos lojistas e comerciantes.

13/12/11 12:52