quinta-feira, dezembro 29, 2011

Que em 2012, tenhamos Vitória!

@Glórias do Passado
Confesso que a vontade de escrever sobre isto, é cada vez menor. Ainda assim, creio que os acontecimentos dos últimos dias (recheados de notícias que nos devem fazer corar de vergonha) não deixam que restem dúvidas de que o Vitória não poderá continuar no actual clima de indefinição que tem levado à progressiva perda de identidade do clube. Há muito que o escrevo e que o digo nos locais de discussão e decisão vitoriana, não é novidade.

Se os constantes apelos dos vitorianos para o caminho erróneo que o clube tem vindo a trilhar de nada serviram, pelo menos que sirvam os últimos indicadores que não deixam dúvidas a ningúem de que, ou arrepiamos caminho o quanto antes, ou poderemos estar a comprometer o futuro do clube tal e qual como o conhecemos.

Se o chumbo categórico do relatório e contas não serviu para mostrar aos actuais órgãos sociais que o seu tempo se esgotou; se a entrega de assinaturas para a marcação de uma assembleia-geral extraordinária com o propósito de discutir a destituição da direcção não serviu para Emílio Macedo e seus pares perceberem que estão, hoje, numa estrada sem saída; que as últimas notícias de falta de pagamentos em várias modalidades, de queixas à FIFA por parte de credores, de resultados negativos transversais a todas as modalidades e finalmente de recordes negativos de assistências nos jogos do Vitória sirvam para que a actual direcção perceba, de uma vez por todas, que o seu tempo se esgotou.

O Vitória precisa de um novo impulso. Urgente. E também por isso, é positivo saber-se que também, pelo menos um dos candidatos à presidência do clube, defende eleições antecipadas. Perante tudo isto e parafraseando o Agostinho no Lado V, "Mas, ainda cá estão?"

Que 2012 seja o ano, mais do que da mudança de direcção, da mudança de mentalidades e da devolução do Vitória aos associados. Que o próximo ano traga para a ribalta, de novo, o Vitória respeitado, o Vitória de prestígio, o Vitória da competência, o Vitória do nosso orgulho! Já perdemos uma década. Já chega, não?

Um bom ano para todos!

7 Comentários:

José Silva disse...

Não há guito... compra-se pão e não lagosta.

Há que apostar nos jovens que estão emprestados e nos juniores. Vender, mesmo que a valor ZERO, os "reservas".


Oiço muitas vezes os mais velhos falar com saudades do passado, no que ao Vitória diz respeito. Por um lado faz-me um pouco confusão porque apenas ganhamos uma taça. Mas por outro compreendo, porque não basta ganhar, ao contrario do que o MM pensam. As pessoas sentem saudades do bom futebol, de sentirem alegria nos jogos. Estes últimos anos, e não só os anos do Milo, não vão deixar saudades a ninguém, ou melhor, vão deixar apenas aos nossos adversários.

Se é um facto que será difícil ganhar coisas, ao menos que se jogue bom futebol, que nos faça vibrar e não sofrer 90 minutos.

29/12/11 16:33
miguel silva disse...

Luís Cirilo é candidato à Direcção do Vitória! Uma grande alegria para todos nós. Espero que finalmente em 2012 haja eleições!

29/12/11 20:46
SOU FÁ DO NUNO ASSIS disse...

vitoria é um clube grande como nao ah guito por amor de deus

29/12/11 20:54
SOU FÁ DO NUNO ASSIS disse...

vamos apoiar o grande vitoria

29/12/11 20:54
Indignada disse...

Ai! saudades! Saudades do Marinho Peres, Ademir, Roldão, Cascavel! Saudades do futebol e da cidade parada para ver o Vitoria, saudades do Vitória.
Que 2012 nos traga o Vitória, alegria, aplausos, bancadas cheias em jogos de domingo à tardeJa chega de tanta burrice, incompetência e incapacidade e paixão pelo Vitória.

30/12/11 18:36
DMFS disse...

Meus caros amigos e vitorianos, notável o video que circula na net em prol de um Vitória cada vez maior. Um bem haja ao mentor desta iniciativa e continuemos a acreditar num futuro melhor. Um excelente 2012 para todos em especial para o nosso GRANDE clube

30/12/11 18:39
José Silva disse...

http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/vitoria_guimaraes/interior.aspx?content_id=733702

Tou pra ver a solução que ele encontrou.


Quanto à SAD... é o desespero.

30/12/11 18:52