domingo, janeiro 22, 2012

Quem falha assim...

PORTO 3-1 VITÓRIA (Faouzi)


O lamento tem de ser feito. Num jogo que já se previa difícil, a verdade é que a história se poderia ter escrito de outra maneira. A ineficácia apresentada no primeiro tempo e os erros cometidos em alturas importantes, impediram que tal acontecesse.

Não querendo estar a discutir a justiça ou não do resultado, o que é certo é que a boa atitude do Vitória durante a primeira parte poderia ter resultado num outro aproveitamento. Pena que a equipa continue a denotar fragilidade no seu sector mais recuado, sofrendo golos cedo quer no primeiro tempo, quer na etapa complementar.

O golo de Faouzi ainda fez a equipa reentrar na discussão da partida, mas o Vitória foi, ao longo da segunda parte, uma equipa demasiado curta, incapaz de encostar o Porto às cordas após o golo. O pénalti ganho por James, numa mescla de ingenuidade de Toscano com teatro do extremo do Porto (um lance em que, sem surpresa, Hugo Miguel não teve dúvidas, ao contrário de um lance na outra área), acabou por resolver a partida, num momento chave em que o Vitória ainda sonhava, e com legitimidade, com o golo da igualdade.

Em suma, o Vitória teve uma boa atitude ao longo da partida, com a intenção clara de discutir o resultado, mas os erros cometidos impediram que saísse do Dragão com pontos. E é esse aspecto que a equipa tem claramente de melhorar. A falta de maturidade/qualidade defensiva ou a forma como a equipa se expõe em demasia ao erro resulta em resultados decepcionantes.

Faltam ainda 14 jornadas para o final do campeonato, mas parece cada vez mais difícil para o Vitória conseguir um lugar europeu. Os 9 pontos de distância para o Marítimo, por exemplo, deixam a equipa sem qualquer margem de erro.

6 Comentários:

José Silva disse...

Jogamos bem, é verdade, mas sou só eu pensar que já na primeira volta os melhores jogos do Vitória foram contra os "grandes"? Parece tem menos vontade de jogar contra os outros.

Eu ainda gostava de ver o P. Sérgio a jogar a extremo, para finalmente poder saber se é bom jogador ou se é mesmo fraco. Parece-me que está a ser vitima do mesmo que o João Ribeiro... Extremo a jogar no meio.

22/1/12 21:19
Ze Pedro disse...

ora nem mais caro jose silva extremo é nas alas nao no meio, mas nao vamos criticar o jogador nem o treinador, porque tanto um como o outro ate estiveram bem hj e joao ribeiro era um bom reforço e um bom regresso e faz nos falta jogadores para as alas com qualidade

22/1/12 22:41
Miguel disse...

Será que só eu vi 1 lance na área do Porto antes do golo dos tripas em q o jogador dos f c corruptos corta com o cotovelo?! E os 2 foras de jogo tirados e mal ao Vitória na 2ªa parte em que os nossos jogadores ficavam em situação privilegiada para marcar ninguém viu? N é o mesmo choradinho de sempre é a constatação de 1 facto. Já agora Vimaranes n concordo nada quando dizs que a Vitória do Porto foi justa... Devemos ter feito 1 dos melhores jogos da última década no Porto. Fantástica exibição em que a fraca finalização do nosso clube comprometeu a conquista dos 3 pontos....

22/1/12 23:09
Vimaranes disse...

Concordo com o facto do Vitória ter feito uma boa exibição, discordo de ter sido a melhor da última década no Porto. Ainda assim, acho sempre complicado discutir-se justiças ou injustiças no futebol. Não ganha quem merece, ou quem mais faz por isso, mas quem marca. O Vítória falhou quando não podia ter falhado (quer ofensivamente, quer defensivamente) e o Porto não. Marcou 3 golos e o Vitória 1. Não creio que se ganha muito em discutir a justiça ou não do resultado perante isso.
Fico com a ideia que foi uma derrota amarga porque ficou evidente que o Vitória poderia ter feito algo mais, principalmente na 2ª parte, mas o penalti de Hugo Miguel/James decidiu o jogo.

22/1/12 23:18
José Silva disse...

Caro Zé Pedro,

por isso mesmo também não tenho culpado o jogador. Mas o treinador tem que ser responsabilizado. Discordo de que o P. Sérgio tenha feito um bom jogo. Foi mais ou menos.

Espero que este treinador ganhe juízo, e mude a táctica. É claro que é uma opinião pessoal, mas acho que jogamos melhor quando jogamos pelas alas.

Mas pronto, venha o próximo jogo, e com a mesma atitude, assim será menos difícil ganhar.

22/1/12 23:41
DMFS disse...

Caro Vimaranes desculpe lá mas nós perdemos com o Porto por 2-1 porque o 3ºgolo foi oferecido pelo do costume, o do apito. Ironia das ironias, perdermos com o Porto com um penalty "á Benfica". Mais uma vez a arbitragem desiquilibrou para o mesmo lado. À primeira falta feita pelo Paulo Sérgio responde-se, e bem, com um cartão amarelo. À 3ªfalta do Moutinho, com a mesma gravidade da do Paulo Sérgio, responde-se com um "carinho". E mais não digo...

23/1/12 10:30