quarta-feira, janeiro 04, 2012

Vergonha sem limites

No dia em que se sabe que quatro seccionistas da formação do Vitória se demitiram criticando a subserviência dos dirigentes vitorianos ao Benfica, é publicada no Desportivo de Guimarães a entrevista a João Cardoso que já havia sido difundida na rádio local. Da entrevista realço a resposta dada quando questionado sobre as irregularidades existentes no documento entregue para um pedido de uma assembleia-geral extraordinária:

"...dúvidas sobre a inequívoca vontade dos sócios subscritores da assembleia-geral. Estamos a falar de uma petição de 170 pessoas, um universo muito pequeno comparativamente ao número de associados do Vitória. Mas mesmo nesses 170 tivemos muitas dúvidas sobre a sua inequívoca vontade."

Se o problema é esse caro João Cardoso, convoque a AGE e os sócios lá estarão para decidir se é de sua livre vontade ou não destituir a actual direcção. Já não há paciência.

19 Comentários:

Orlando disse...

Este senhor já passou todos os limites.

Mas quem é ele para fazer juizos de valor a quem quer que seja?

Cumpra simplesmente o seu papel, e no dia da assembleia, esses e outros sócios lá estarão, para votarem conforme a sua consciência assim o dite.

Tenha vergonha na cara.

4/1/12 12:34
Orlando disse...

E digo mais, se o clube é dos sócios, e mesmo assim, há todos estes entraves na convocação de uma assembleia geral, agora imaginem, se os intentos desta direcção for para a frente...e for criada uma SAD.

Sim à profissionalização, não à SAD.

4/1/12 12:36
ar disse...

O que se esta a passar ja passou todos os limites do aceitavel,estes senhores estao a fazer do nosso vitoria um clubezinho de provincia!
Haja a coragem de realizar eleiçoes antecipadas já!
Estes senhores estao à espera de tirar os avais pessoais que fizeram na banca para depois o clube ir à falencia tecnica que ja nao falta muito!
Caros associados no proximo sabado temos que realizar uma posiçao de força e fazer ver a estes senhores que nao tem capacidade para estar à frente desta instituiçao!
TODOS A MANIFESTAÇAO.

4/1/12 13:41
José Manuel (Nelo) disse...

João Cardoso, cuja postura geral não defendo, poderá ter razão na falta de fundamentação, pois eu vi a folha que assinei, mas não vi a folha inicial da petição. E se nem sequer formulação da petição existe, então PEM falhou. E continua a falhar, pois JC deu-lhe a possibilidade de corrigir a situação, o que ele teimosamente se nega a fazer. Enfim...PEM também não fica bem nesta situação.

4/1/12 13:41
miguel silva disse...

O presidente da assembleia-geral não quer respeitar os estatutos, e é ele que os faz de improviso conforme a conveniência... é o absurdo total.

4/1/12 13:54
miguel silva disse...

E agora já temos provas de que o objectivo é mesmo fazer do Vitória um escravo do clube da segunda circular. É a pior ofensa que se pode fazer à nossa dignidade!

4/1/12 14:02
vitor...iano disse...

Estes artistas estão a arranjar meneira de serem corridos à biqueirada...

4/1/12 14:11
Pantic disse...

Mas quem é este senhor para decidir alguma coisa??? Ele só tem é que obedecer aos estatutos e marcar uma assembleia! Regressamos à Ditadura...

4/1/12 14:54
Guilherme Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lafuente disse...

Este homem é demente!

min. 26:26 e passo a transcrever :

"quais as alternativas que propõem ?quais são as alternativas que propõem? quando se quer destituir um presidente, obviamente que alguém tem que se apresentar como alternativa!"
Tem que se introduzir na petição, a alternativa que pretendemos para o poleiro ?
Grande Otário este João Cardoso!

4/1/12 17:06
Afonso disse...

Mas será quem assinou, não sabia para o que era?

Onde diz que todas as folhas têm de ter a fundamentação?

Onde dizem os estatutos que o pedido deve ter a razão ou razões para a destituição?

Onde dizem os estatutos que só pode ser uma moção de censura?

Onde dizem os estatutos que é o "Bom Senso" que prevalece na opinião de João Cardoso?

Se esta direção não cair já, preparem-se para o Vitoria ser o Benfica SAD B.

4/1/12 17:30
General disse...

Simbolicamente, todos deveríamos levar uma vassoura no sábado, na Manif.

4/1/12 17:47
José Silva disse...

Querem rir-se um bocadinho?

Leiam isto escrito por um lampião racista e cego!

http://guachosvermelhos.blogspot.com/


o pior é que mesmo com o video da agressão o anormal não vê nada

4/1/12 18:00
Guilherme Dias disse...

Acabo de ouvir na integra a entrevista do Sr. Dr. João Cradoso, a qual impõe, a propósito da marcação da assembleia geral, (cuja petição não assinei)algumas reflexões:
1. Ao contrário do invocado os estatutos nada exigem quanto aos fundamentos que estão a ser impostos pela mesa da assembleia geral;
2. Ao contrário do que quer fazer crer o Presidente da Assembleia o facto de ser agendada uma assembleia para fazer cair a direção, não implica por si só a destituição da mesma, será necessário que os sócios presentes assim decidam, não basta, naturalmente, os número de subscritores da petição;
3. É na assembleia que os peticionários devem expor os fundamentos e argumentos para a respectiva destituição e aí ser votada;
4. A comparação com uma petição apresentada em momento anterior, que diga-se, entendo ser a forma mais "cristalina" de ser feita, não é fundamento para a recusa da que agora está em discussão.
5. Quanto ao bom senso, se em 30-11-2011 a contestação não era tão evidente, com base no bom senso invocado, devia o Presidente agendar a assmbleia requerida, atento o momento de contestação que é público à direcção do VITORIA, tanto mais que esta entrevista é disso mesmo reflexo.
6. De qualquer modo se os sócios que elegeram esta direcção se mantêm satsifeitos, e se a contestação é de uma franja muito pequena de associados (palavras do João Cardoso)- 170 - pode a direcção sair com a sua legitimidade reforçada caso não seja sufragada a sua destituição - (os eleitos devem sempre exercer o seu mandato desde que continuamente [todos os dias] suportado pela vontade de quem os elege). Será o caso actual desta direcção? Não parece!
7 Uma nota final para a condução "encomendada" da entrevista, era escusado... sr. Abel Sousa!!

4/1/12 19:30
galaticos do minho disse...

aixo certo mas tb temos de falar dos arbritro !!! milo ruaaaaaaaa

4/1/12 20:54
Ricardo Lopes disse...

A minha opinião é publica no que a esta entrevista diz respeito. E volto a repetir é de uma tremenda falta de gosto. Utilizando uma frase do próprio João Cardoso " é passar um atestado de menoridade mental aos sócios do Vitória". Vou apenas concluir com uma ideia que me parece pairar nas mentes de algumas pessoas que integram os corpos sociais. Total desespero. Meus senhores o mundo não vai acabar! E demitirem-se não é vergonha nenhuma. Vergonha é continuarmos nesta situação.

4/1/12 21:25
miguel silva disse...

Tem razão Ricardo Lopes. Seria melhor sairem agora com alguma dignidade. Assim vão sair a pontapé, que será realmente humilhante. E o grande medo desta direção é que se descubra o conteúdo de contratos e acordos que andaram a assinar nos últimos anos. Estão em pânico com isso porque como todos que se acomodam ao poder, convencidos de que eliminaram a oposição, pensam que podem ficar eternamente no poder sem ninguém a moderar as suas decisões. Até o presidente da assembleia parece que está comprometido, quando deveria ser independente da direção.

4/1/12 21:51
Amadeu disse...

Nelo, vais desculpar mas estás a ser ingénuo.

JC está nitidamente a fazer figura de triste e a sujeitar-se a ter dissabores pelas parvoices, contradições e mentiras que proferiu e pelo uso de alterações abusivas aos estatutos, com imposições pessoais, apenas para "boicotar" a petição e recusar a marcação da AGE, como é sua obrigação.

Este fulano deveria responder pelo incumprimento do exercicio das funções que lhe foram confiadas.

O Abel é outro triste, um vendido. Devia ter vergonha de mais uma vez ter pactuado com esta fantochada e não ter colocado as questões óbvias que já aqui foram afloradas.

Entrevista mais do que encomendada. Noutros tempos e com outras personagens, também elas benfiquistas e criticáveis, este tendencioso jornalista já tinha DIZIMADO esta direcção.

Algum motivo terá o sr. Abel. Espero que durma de consciência tranquila. Mas longe vão os tempos em que o via e admirava como vitoriano.

4/1/12 23:59
luis cirilo disse...

Apenas um reparo: os demissionários não são seccionistas mas sim directores de pleno direito.

5/1/12 00:34