domingo, fevereiro 12, 2012

Curto, mas justo!

Beira-Mar 0-1 VITÓRIA (Toscano)


Em pleno período de convulsão directiva, a equipa respondeu, aliás como curiosamente as várias equipas têm respondido em períodos idênticos, vencendo. Em Aveiro, o Vitória somou o segundo triunfo consecutivo, distanciando-se dos mais directos perseguidores e mantendo distâncias para o quinto lugar.

No reduto do Beira-Mar, o Vitória terá feito, até ao golo de Toscano, do melhor que se viu esta temporada. Trocando bem a bola, mostrando agressividade e uma qualidade acima da média que acabou por resultar, justamente, no golo de Marcelo Toscano, depois de uma brilhante assistência de Alex.

A partir daí, é verdade, a equipa decresceu em termos de qualidade e foi gerindo, talvez cedo demais o resultado, ainda que os aveirenses pouco ou nada tenham feito para incomodar a baliza de Nilson. Com um estilo de jogo mais pragmático do que particularmente entusiasmante na etapa complementar, ficou sempre a ideia de que o Vitória poderia ter tentado mais cedo resolver a partida, de modo a não ser surpreendido num lance fortuito do Beira-Mar, mas a opção acabou por ser pela gestão, no sentido de correr poucos riscos.

Ainda assim, a equipa vitoriana conseguiu aquilo que era o mais importante. Garantiu três pontos que dão tranquilidade à equipa, numa fase difícil da vida do clube e também por isso, jogadores e equipa técnica estão de parabéns. O triunfo é justo, num encontro onde os adeptos vitorianos mostraram, como não poderia deixar de ser, estar com equipa nesta fase.

Agora, aproxima-se o tal ciclo complicado do campeonato, com encontros frente a Benfica, Braga, Marítimo e Sporting que permitirá perceber o que se pode ainda esperar desta temporada. Na primeira volta, e neste mesmo ciclo, o Vitória fez apenas um ponto. Começar o ciclo vencendo o líder já na próxima jornada, é o caminho!

1 Comentários:

José Silva disse...

Só não gostei de duas coisas:

- A segunda parte.
- A entrada do Santana em vez do Ricardo.

12/2/12 22:04