quarta-feira, maio 02, 2012

O Futuro... à lupa!


Rui Vitória já indicou o caminho. Espera-se agora que nos próximos tempos se vislumbre uma aposta sérios nos vários valores da formação do Vitória, e que ao longo desta temporada rodaram nos mais variados clubes. Aliás, em pleno dia da renovação de Rui Vitória, um primeiro sinal foi dado, com os vários jogadores emprestados pelo Vitória (com excepção para aqueles que rodam na Liga Orangina) a serem observados pelo treinador vitoriano e com Diogo Lamelas em destaque ao apontar os dois golos do triunfo da equipa composta por jogadores que estiveram emprestados, frente aos juniores do clube.

Começamos esta semana na II Divisão Nacional e com o Amarante. A equipa amarantina ficou no 5º lugar da Zona Centro e, como nos relata o seu dirigente João Pedro Silva, Diogo Lamelas, Bruno Alves e Tiago Rodrigues foram destaques na excelente temporada do Amarante.
“Foi uma época muito boa do Amarante. Até aqui o Amarante subia e no ano a seguir descia sempre. Este ano fomos das melhores equipas a jogar bom futebol na zona centro. Isto deve se ao excelente grupo que o Amarante conseguiu construir. Ao longo destas 3 épocas passaram muitos jogadores da formação do Vitoria, e todas esses jogadores foram importantes nas respectivas épocas. Tenho a certeza que todos eles gostaram de cá estar. o Amarante foi o clube ideal para eles estarem. Foram sempre bem tratados como trataram sempre bem a instituição. Este ano tivemos o Diogo Lamelas, o Bruno Alves e o Tiago Rodrigues. Todos eles foram sem dúvida muito importantes na boa época que o Amarante realizou. Ao longo da época fui dando um feedback em relação aos jogos que iam fazendo. Fui sempre dizendo o mesmo! Excelentes jogadores que tenho a certeza absoluta que os vamos ver na ribalta do futebol Português! O Diogo Lamelas foi o melhor marcador do Amarante! Um excelente extremo, rápido bom tecnicamente e tacticamente e um excelente profissional! O Bruno Alves, um médio do melhor que por já cá passou, fez duas épocas e notou se muito a sua evolução. Joga faz jogar e marca bons golos. Por último o Tiago Rodrigues, este com um início de época marcado por uma lesão onde teve que realizar uma intervenção cirúrgica, um médio internacional Português, 1º ano de sénior, mas quem o viu jogar não parece 1º ano de sénior. Detentor de um potente remate fez golos importantíssimos. Um médio com uma entrega fantástica. Um excelente miúdo como ser humano e um excelentíssimo jogador de Futebol! Desejo a todos os jogadores emprestados pelo Vitoria as maiores Felicidades do Mundo, tanto a nível desportivo mas também a nível pessoal! Uma palavra ainda para o Vitória: Agradeço as boas relações desportivas que mantivemos ao longo destes anos, e por terem emprestado todos estes jogadores que por cá passaram!” 
No Desportivo de Chaves (3º lugar), evoluiu um dos centrais que tem despertado mais atenções. Josué fez uma excelente época como nos foi contanto o nosso colaborador Zé Ribeiro, contudo, o último jogo da temporada acabou por não correr de feição ao jovem central. No derradeiro encontro da época, que acabou por salvar o Vizela da descida de divisão, Josué foi destaque pela negativa. O que naturalmente, não apaga a boa temporada que fez ao serviço dos flavienses. Fique com a análise do nosso colaborador do Desportivo Transmontano, Zé Ribeiro.
"Tarde desastrada a de Josué...cometeu duas grandes penalidades, uma delas desnecessária e infantil! Na outra trata-se de uma remate à queima roupa e a bola bate no braço do defesa central. Uma exibição abaixo das potencialidades do jovem emprestado pelo Vitória! Para completar a tarde desconcentrada de Josué, fica como destaque pela negativa, uma discussão com o seu colega de equipa e com qual faz dupla de centrais, que nada abona a favor de um central com as capacidades de Josué. Certamente não seria esta a despedida que pretendia o jovem Josué naquela que foi a sua estreia como sénior."
Ainda na mesma série Norte, destaque para três equipas. No Mirandela (4º lugar), e a partir da reabertura do mercado evoluiu Fábio Fortes. O avançado que não foi opção na equipa de Mirandela no triunfo por 3-2 frente ao Marítimo B, numa temporada que também ela não foi nada fácil para o jovem avançado do Vitória que acabou por não se impor claramente, nem no Trofense, nem no Mirandela.
Um lugar mais abaixo ficou o Limianos. A equipa de Ponte de Lima conseguiu a sua melhor classificação de sempre com o contributo de Kaká e Tomané, dois jovens emprestados pelo Vitória. Fique com a análise do nosso colaborador João Carlos Gonçalves ao desempenho dos dois atletas nesta jornada.
""Os Limianos" venceram o Tirsense por 2-1 na última jornada do campeonato, que o clube terminou no 5º lugar, a melhor classificação de sempre. Kaká foi titular e jogou os 90 minutos, tendo cumprido o seu papel. Tomané foi suplente não utilizado, sendo a sua primeira convocatória após ausência por lesão. "
Finalmente, destaque para o Lousada. A equipa lousadense acabou despromovida à III Divisão Nacional e nela evoluíram jogadores como Dany e Cilmar. Aqui fica a análise por parte do nosso colaborador César Marques d'O blogue do Lousada.

"Na última jornada do Campeonato Nacional da 2ª Divisão, que ditou a despromoção do Lousada à 3ª Divisão Nacional, Cilmar esteve na bancada, enquanto Dany entrou na segunda parte para o lugar do ex vimaranense Cristiano Luís. O jovem que na época anterior esteve cedido ao Maria da Fonte mostrou serviço e esteve numa das melhores jogadas dos rubro-negros em todo o encontro, isolando Miguel Moreira diante o guardião contrário. "
Do Lousada para Ribeirão "voaram" dois dos jogadores que começaram a temporada em Lousada e que acabaram por seguir com António Carvalho para a equipa famalicense. O Ribeirão foi 5º classificado e dos jogadores emprestados - Filipe e Rafael - o último foi titular tendo saído aos 65 minutos, tendo actuado em 9 jogos pela equipa do Ribeirão desde a reabertura do mercado. Filipe não foi opção nesta jornada.

Ainda na II Divisão Nacional, destaque para o Tondela. A equipa orientada por Vítor Paneira, vai discutir a subida à Liga Orangina. Uma vez mais, Cláudio Ramos não foi utilizado no conjunto do Tondela, sendo preterido pelo experiente Avelino.

Na Liga Orangina, destaque primeiro para o Freamunde. A equipa freamundense, luta desesperadamente pela manutenção nos escalões profissionais e este fim-de-semana não contou com o contributo de nenhum dos jogadores emprestados pelo Vitória, como nos conta o nosso colaborador do blogue Freamunde Allez.
"Neste momento Assis perdeu novamente a titularidade e nos últimos 2 jogos foi suplente. Marco Matias partiu a clavicula, e não joga também há duas jornadas, e ficará sem jogar até final da temporada."
Destaque ainda para o Atlético, o adversário do Freamunde este fim-de-semana. Na equipa de Alcântara, Vítor Bastos não saiu do banco de suplentes, e Gonçalo Silva voltar a ser titular, actuando os 90 minutos, mantendo-se como um dos principais destaques da equipa lisboeta esta temporada.

Ainda nesta Liga, e no Trofense, Dinis foi titular no "miolo" da equipa da Trofa, a exemplo do que aconteceu com o brasileiro Crivellaro. Os dois jogadores foram importantes para o empate que o Trofense conseguiu diante do Covilhã, em casa, depois de estar a perder por 0-2.

No Penafiel, Paulo Oliveira voltou a ser titular, aliás como tem acontecido ao longo de toda a temporada, mas a sua equipa não foi feliz ao sair derrotada frente ao candidato Desp. Aves. O central viu um amarelo aos 78 minutos, o 5º nesta edição da Liga Orangina.

Finalmente, e no Orduspor, João Ribeiro foi utilizado no triunfo da sua equipa por 3-0 diante do Ankaragucu.

Nota: Aproveito ainda para, publicamente, agradecer a todos aqueles que colaboraram ao longo desta temporada com esta rubrica e que foram permitindo que fossemos acompanhando da maneira possível a evolução daqueles que, cada vez mais, serão o presente do Vitória.

0 Comentários: