domingo, julho 01, 2012

Orçamento aprovado mas problemas por resolver

O orçamento para a temporada 2012/13 foi ontem aprovado por maioria e abre espaço a uma redução de cerca de 4 milhões no investimento previsto para o futebol profissional. Apesar de tudo, a situação difícil que o clube atravessa está longe de ser resolvida e a incerteza sobre a aprovação do PEC e a respectiva inscrição da equipa continua a pairar sobre o clube e os associados. 

Júlio Mendes garantiu ontem que tudo estará bem encaminhado para a sua aprovação, mas admitiu ainda a necessidade de um encaixe de cerca de 4 milhões de euros para fazer face aos compromissos com o plano extrajudicial de conciliação e aos ordenados em atraso do futebol profissional, formação e modalidades amadoras. E é aqui que reside o maior problema, sendo que parte dessa verba poderá ser conseguida com as "vendas de activos" como João Paulo e N'Diaye. Quanto à restante, Júlio Mendes voltou a falar em "investidores externos" ou "angariação individual ou de donativos dos sócios".

Enquanto esses problemas não são resolvidos, bem como a redução do peso da folha salarial, que as saídas de João Paulo ou Targino poderão também ajudar (faltando outras...), não haverá reforços, isto em vésperas da equipa dar o pontapé de saída para a nova temporada. Rui Vitória começará por isso os trabalhos amanhã ainda com muitas indefinições.Os objectivos, para a nova temporada, são também reduzidos ao mínimo, com Júlio Mendes a afirmar que o Vitória "tentará fazer o melhor possível" sem assumir candidaturas a nada.

Realce ainda para o facto dos valores das quotas terem sido actualizados para "as unidades" com acertos que rondam os 70-80 cêntimos. Foi ainda proposta uma quota mensal facultativa de 1 euro para ajuda às modalidades amadoras, bem como o reforço para que os vitorianos adiram à transferência dos seus seguros para a Vitória Seguros, o que poderá permitir um bom encaixe financeiro para o Vitória.

3 Comentários:

Patrick disse...

Muito se fala da transferencia do N'Diaye. Mas o VSC ainda detem alguma parte do passe? O Milinho não o vendeu ao Jorge Mendes no ano passado por € 1,5 Mio?

1/7/12 22:01
José Silva disse...

Afinal o Fábio Fortes ficou. Andavam a dizer que tinha sido dispensado!

2/7/12 19:10
José Silva disse...

MAS QUE P... DE M... É ESTA!!!

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=339954

Rua com esta direcção, tinha tantas soluções... imaginárias!

3/7/12 19:50