sábado, setembro 22, 2012

Vitória no primeiro dérbi

Moreirense 0-1 VITÓRIA (David Addy)
@RTP

Na deslocação mais curta do campeonato o Vitória venceu o Moreirense num jogo em que era fundamental a equipa de Rui Vitória dar uma resposta positiva.

A expulsão de Augusto logo aos dois minutos acabou por não facilitar pelo menos no imediato a tarefa do Vitória que durante toda a primeira parte teve muitas dificuldades para impor o seu jogo. Sem uma unidade que fosse capaz de transportar a bola, o jogo perdia fluidez e oportunidades de golo nem vê-las.

A entrada de Tiago Rodrigues na segunda parte teve o condão de libertar a equipa sem o travão Olímpio em campo. E nesta fase o Vitória esteve quase sempre por cima, chegando ao golo por Addy e com justiça, já depois de ter desperdiçado uma grande penalidade.

Uma segunda parte agradável do Vitória com nota positiva para as estreias de João Gonçalves, Addy e Tiago Rodrigues.

Relativamente a Artur Soares Dias, parece evidente que não está vocacionado para arbitrar jogos do Vitória. Ainda assim, e no meio de tantos erros, acabou por não ter influência no resultado - anulou e bem os golos ao Vitória e ao Moreirense; não viu uma grande penalidade para cada lado e ajuizou bem o lance da expulsão.

2 Comentários:

José Lafuente disse...

Bem ganhamos, mas fizemos uma má exibição. A 1ª parte foi mais uma vez miserável, sem ideias, sem rasgo, sem imaginação, sem velocidade e com muitos passes falhados ( Olímpio desiludiu-me).
Na 2ª parte, pior era impossível, por isso melhoramos um bocado, com 25 minutos de alguma qualidade, com largura nas alas e mais imaginação no meio campo, com a entrada do Tiago Rodrigues ( é um verdadeiro playmaker).
Felizmente lá conseguimos marcar, num lance que começa com um passe de ruptura muito bom do Adoua, e depois valeu a determinação e raça, ainda com alguma sorte à mistura do Addy.
Até final da partida, poderíamos e deveríamos gerir melhor a partida ( passes falhados já no último terço do terreno, que pediam uma melhor definição), e não nos expor a sofrer um golo numa bola parada ou numa transição ofensiva.
O Rui Vitória devia ter mexido logo à meia hora na partida, pois o Moreirense com 10, ia defender e contra-atacar, por isso um médio ( no caso o Olímpio) devia ter sido sacrificado ainda mais cedo que o intervalo.
Destaques na partida, foram o Douglas (grande defesa no livre do Ricardo Pessoa) a dupla de centrais Defendi-N´Diaye, que esteve intransponível, o Addy foi muito grande a fazer todo o corredor esquerdo, o Adoua ( está a melhorar muito no passe e é fulcral no miolo do terreno) e o Soudani ( na antevisão que escrevi no Vitória Sempre, disse que o argelino podia aproveitar o mau sentido posicional e falta de velocidade do Anilton) fez uma partida esforçada e esteve nos lances mais perigosos do Vitória.
O João Gonçalves e o João Ribeiro, fizeram exibições medianas, ainda assim bem melhores que as do Alex e Toscano num passado recente.
Não gostei do Olímpio ( muita precipitação no passe, falhou 2 passes infantis em 2 minutos) do André ( mal no passe e no penalty denunciado) e do Ricardo que esteve algo precipitado no 1x1, situação que pode melhorar no futuro próximo.
Quanto ao Soares Dias, esteve bem no lance da expulsão, no penalty a favor do Vitória. Aceitava-se o penalty no lance do Ricardo na 1ª parte, e do Defendi na 2ª metade ( erro infantil do Defendi sem pressão do adversário).
Agora frente ao vizinho temos que melhorar ( na raça, na vontade de querer fazer mais e jogar um futebol mais alegre), pois a jogar assim não ganhamos o desafio frente ao rival!

23/9/12 00:14
Diogo Ferreira disse...

Vitória merecida e mais que justa. É certo que o Moreirense esteve bem (mesmo com menos 1 jogador), mas os 3 pontos foram bem entregues ao VSC. Uma palavra para os dois laterais do VSC, muito bem, continuem...

23/9/12 09:55