quarta-feira, outubro 31, 2012

Três em dois

O Vitória acaba de anunciar, oficialmente no seu sítio oficial, a realização de três assembleias-gerais em dois dias seguidos, para 17 e 18 de Novembro. A primeira das quais será, como habitualmente, para a apreciação, discussão e votação do relatório e contas 2011/12, a partir das 14 horas de sábado. Logo de seguida, terá início uma assembleia-geral extraordinária para discussão dos estatutos da sociedade anónima desportiva e no dia seguinte, e logo pela manhã, (9 horas) a "votação da constituição" dessa mesma sociedade.

8 Comentários:

Amadeu disse...

Longe vão os tempos em que os conteudos eram bem mais incisivos, Carlos.

Ai se fosse no tempo do Milo...

3/11/12 12:33
Vimaranes disse...

Amadeu, não me parece que estejas a ser justo, mas é uma opinião e eu respeito :). Terei oportunidade de escrever sobre o pouco que é público relativamente a esse assunto. Mas creio que o melhor é esperar por aquilo que nos vai ser dito, quer na imprensa, quer na própria assembleia-geral.

4/11/12 17:06
Carlos Ribeiro disse...

Não me parece que o Sr. Amadeu esteja a ser muito injusto.
Num assunto tão importante, deixar apenas uma nota, não parece seu.
Não lhe parece, no minimo, estranho o timming das assembleias, para um assunto que devia ser largamente discutido?

Cumprimentos,

Zé Carlos

5/11/12 11:34
JMSM disse...

Carlos

Compreendo que aguardes para ver o que será publicado.

Mas, desculparás que não acredite que não saibas ainda o que vai ser publicado. Eu sei. E a minha tensão arterial já disparou 30%.

Abraço
JM

6/11/12 00:12
Vimaranes disse...

Ainda falta mais de uma semana. Ainda vai subir mais :-)

6/11/12 01:20
Vimaranes disse...

Eu abordarei este assunto quando tivermos mais dados públicos, fica prometido. Quanto à questão que me coloca, e se me perguntar se gostava de ver estes assuntos mais amplamente discutidos e com mais tempo, obviamente que sim. Ainda assim, a verdade é que a actual direcção ganhou as eleições com a promessa de criação de uma SAD e por isso também entendo que tem legitimidade para escolher o seu próprio timing. Outra questão poderá ter a ver com a necessidade de haver de forma célere uma injecção de capital para fazer face a vários compromissos. Seja como for e já que o tempo de discussão será curto (e admito que isso possa ser também estratégico) espero que seja o suficiente para que na própria AG ou em qualquer outro espaço a direcção explique as suas intenções. Já agora, gostaria de parabenizar também o grupo de sócios que organizou uma série de debates sobre as SADs e que me parece ter sido também um bom contributo para esclarecer os associados que tiveram a oportunidade de ir.

6/11/12 01:33
JMSM disse...

A primeira página de hoje do DG ou é uma evolução positiva, ou é uma terrível jogada de marketing. Não era este tipo de SAD que andava a ser-nos dito que iria ser porposta. E o contacto eram 3 diferentes membros da Direcção do VSC.

Uma SAD com 40% do CLUBE junto com uma SGPS do clube, garante maioria de poder à Assembleia Geral do Clube. E não estamos contra isso.

Questiono-me é porque motivo andava a ser comunicada uma coisa e agora é publicada no DG outra.

E pergunto-me se dia 9 nos vão dar acesso à informação necessária que confirme as notícias de hoje.

Continuo com reservas sobre o método de votação. Em democracia não basta saber que as pessoas são sérias. A forma como se fazem as coisas, e os critérios de fiscalização importam, e muito. Até para evitar embróglios.

JM

6/11/12 13:14
JMSM disse...

A noticia/crónica da página 15 do Desportivo de Guimarães não faz sentido. 40% para sócios, 11% para SGPS, 49% para público em geral ? Ou será que o Abel Sousa queria dizer 40% para o CLUBE ?

Assim não nos entendemos....

JM

6/11/12 14:31