sábado, novembro 24, 2012

Pai dos "pobres"...

Beira-Mar 2-2 VITÓRIA (Freire e Baldé)




Qualquer equipa que pretenda ganhar um ânimo extra só tem de jogar com o Vitória. Foi assim com o Nacional, repetiu-se ontem com o Beira-Mar. Chega a ser angustiante falar de uma exibição tão má do Vitória perante um das equipas do Beira-Mar mais fracas que me lembro de ver no Municipal de Aveiro.

Tem razão Rui Vitória quando diz que a meio da primeira parte teve vontade de tirar meia equipa. Percebe-se. Depois de um período no campeonato em que o Vitória parecia estar numa fase melhor, quer em termos de intensidade, quer de qualidade, os últimos jogos (incluindo o da Taça) vêm provar o contrário.

Frente ao Beira-Mar, o Vitória deu 45 minutos de avanço e nem mesmo depois de chegar ao empate conseguiu impor o seu jogo. A entrada de Barrientos ainda foi um bálsamo para a equipa mas mesmo assim o Vitória foi obrigado a correr atrás de novo prejuízo depois de ter "oferecido" mais um golo aos da casa.

O golo ao cair do pano de Baldé (mais um empate 2-2 alcançado mesmo no último suspiro da partida) nem consegue ser encarado como um mal menor atendendo a que foi conseguido diante de uma equipa que estava perfeitamente ao alcance do Vitória. Não querendo faltar ao respeito a este Beira-Mar, a verdade é que um Vitória a jogar apenas razoavelmente certamente tinha conseguido um triunfo tranquilo, atendendo quer ao espaço para jogar que os aveirenses concedem ao adversário, quer à diferença de qualidade das duas equipas quer também, claro, à ausência de pressão que se faz sentir em Aveiro. 

Independentemente dos "cortes da troika", a equipa tem de se convencer que tem qualidade para bem mais do que aquilo que fez nos últimos jogos. E, mais do que isso, tem obrigação de produzir um futebol bem mais ao nível dos pergaminhos do clube. Claro que sabíamos que isto seria um ano diferente, mas isso não pode ser desculpa para exibições tão más e para tão grandes ausências de atitude competitiva como se vislumbrou ontem em Aveiro.

2 Comentários:

hugo felix disse...

1 pergunta nao teremos jogadores no vsc b melhores que alguns da equipa principal cm e possivel o freire o bamba e o andre jogarem nesta equipa incrivel

24/11/12 19:36
José Paulo Cardoso disse...

Meus caros, já não é de agora, mas gosto mais das movimentações do Freire na área avançada do que na área defensiva. Viram o "instinto" na forma como abordou o lance do 1ºgolo!? E aquela bola ganha nas alturas no lance que deu o 2ºgolo!? É um jovem e não seria, concerteza, o 1º nem o ultimo a mudar de posição. Interessante!

26/11/12 08:28