terça-feira, fevereiro 26, 2013

Dois jogos à porta fechada



Como se previa, o Vitória serviu de "exemplo". A história diz-nos que tem sido sempre assim. Bastará pensar no que tem sido o "histórico" de violência nos estádios já esta temporada ou até noutras e ver como foram atribuídos os castigos aos mais variados clubes. Claro que aqui, como também se previa, o árbitro Hugo Pacheco teve também uma importância fulcral ao fazer aquilo que outros colegas não quiseram fazer já esta temporada em estádios vizinhos, suspender a partida.
 
Constata-se também que, de novo, quem origina os confrontos fica-se por uma pena pouco mais do que ridícula, tal como no caso anterior, no jogo com o Paços de Ferreira. Assim sendo, o Vitória foi punido com dois jogos à porta fechada, o que inclui o encontro já de segunda-feira com a Académica e o da equipa B com o Benfica. Para além de 10 mil e 200 euros de multa.
 
O clube cujos adeptos iniciaram a violência, com o arremesso de tochas para os adeptos contrários leva uma pena de 3750 euros. De novo, o crime compensa. E uns, continuam a ser os filhos da mãe e os outros...

8 Comentários:

José Paulo Cardoso disse...

Mas, estavam á espera de quê!? Cuidado, porque isto não vai ficar por aqui...É confidenciado á boca cheia nos gabinetes empresariais de braga, que o objectivo do "trolha salvador" é destruir definitivamente o Vitória para, assim, poder apresentar o braga como o "grande clube do Minho". Como não consegue no campo vai agora começar a tentar na secretaria. Ah!m e não esqueçam um "pormaior" importante: o actual ministro da administração interna (o que tutela as policias e o que, certamente, enviou todo aquele aparato para Guimarães, no domingo passado), é natural de....pois é, braga!

26/2/13 17:18
José Silva disse...

Argumentos não faltam para que a Direceção do VSC recorra da decisão. E para que esta tenha resposta positiva.

Não podem permitir que haja dualidade de critérios. Nem que para isso seja necessário exigir a demissão de certos dirigentes do CJ da liga.

Se não o conseguirem... fiquem por angola!

26/2/13 17:45
Hugo Vilas Boas disse...

Faço um apelo aos adeptos vitorianos para como forma de protesto votarem todos no site da LPFP para melhor jogador do mês nos jogadores do VSC.

Na minha opinião, acho que o jogador eleito deveria ser o ALEX, não por a sua performance desportiva, mas por ser o capitão de equipa, ser de Guimaraes e ser dos que mais se não o que defende mais o Vitória e os Vitorianos nas suas declarações.

26/2/13 19:04
Sim disse...

o povo tem que sair a rua, isto é uma pouca vergonha, no Estádio da Luz, um adepto vai ao campo de jogo, bate no bandeirinha.e eu pergunto? Quantos jogos apanhou de castigo o S. lisboa? Mais pergunto foi só por ser um adepto a bater no bandeirinha?

26/2/13 19:33
Hugo Vilas Boas disse...

Deixo também algumas outras ideias para protestar contra esta decisão da LPFP, relembrando que é essencial que seja qual for o meio ou meios de protestos escolhidos por os adeptos do Vitória SC, todos eles devem respeitar o bom senso e não se deixarem levar por as emoções, não partindo para o insulto mesmo nestas circunstâncias, caso contrário vão ter o efeito desejado, mas o oposto.

1. Coloco um repto aos responsáves por este blogue "O Vimaranes", ou seja para eleborarem um texto com todas as incidências e ocorrências, bem como o castigo aplicado ao VSC e respctivas comparações com os demais jogos realizados em outros recintos e as multas aplicadas, onde se pretende demonstrar a dualidade de critérios aplicada por a LPFP, para todos os vitorianos enviarem à LPFP, inundando assim a caixa de correio da dita instituição.

2. Concentração em um dos treinos do VSC, apoiando e incentivando a equipa para uma vitória clara sobre a Académica já no próximo jogo, iniciativa que espero seja tonada por todos os grupos de apoio existentes e afectos ao VSC.

3. Concentração no exterior do estádio D. Afonso Henriques no dia do jogo, e caso ainda o jogo seja transmitido por a Sport TV, colocar um ecrã no local da concentração para os adeptos do VSC acompanharem o jogo. Se não for possível a transmissão do jogo, então basta um rádio e um amplificador para a emissão do relato, iniciativa esta a propor à própria direcção do VSC ou até mesmo a uma rádio local.

26/2/13 19:48
Hugo Vilas Boas disse...

Vitória até morrer...!!!

26/2/13 19:51
Hugo Vilas Boas disse...

caro "Sim", essa foi a minha 1. ideia que me ocorreu, mas sendo também a que pode prejudicar o Vitória SC tanto desportivamente, financeiramente ou mesma na imagem que pode passar se não houver uma boa organização e se forem cometidos excessos.

Ainda assim, e aproveitando o seu comentário, é realmente de ponderar uma manifestação pacífica, mas demonstrando todo o nossa força e apoio ao VSC junto da LPFP no Porto.

26/2/13 20:02
MS disse...

Pode-se sempre apoiar fora do estádio, o que também seria inédito em Portugal... :-)

26/2/13 22:22