quinta-feira, fevereiro 28, 2013

"Vitória caiu numa armadilha"



"O Vitória caiu numa armadilha! Isto foi preparado e pensado, não sei com a conivência de quem". Foi desta forma forte que Júlio Mendes falou hoje em conferência de imprensa sobre o castigo aplicado ao Vitória a propósito do jogo entre Vitória B e Braga B.
 
O presidente vitoriano fez revelações graves ao ponto de mostrar imagens em que se vêm polícias à paisana na bancada destinada aos adeptos do Braga e que segundo Júlio Mendes "deixaram acontecer coisas graves e por isso posso dizer que houve conivências graves. Quero apelar desde aqui para que o ministro de administração interna instaure um inquérito para perceber a razão".
 
Júlio Mendes não tem dúvidas de que tudo "foi orquestrado" e por isso avança que "não se calará". Mas as muitas críticas à PSP não se ficaram por aqui. O presidente do Vitória diz que o clube aplicou a lei e que o jogo "não poderia ter mais do que 9 policias, mas a polícia entendeu que para aquele jogo teria de ter 42 agentes", algo que o Vitória recusou. Júlio Mendes diz que o Vitória "vai continuar a exigir que seja cumprida a lei".
 
O presidente do clube apontou ainda críticas ao Braga e aos vários momentos de violência em que os seus adeptos têm estado envolvidos esta temporada. Para além disso deixou um pedido de serenidade aos adeptos nesta fase.
 
Foi ainda revelado que o próximo jogo com a Académica terá afinal policiamento porque, segundo Júlio Mendes o Vitória não pode estar sujeito a novos castigos motivados por adeptos adversários que invadam bancadas ou o terreno do jogo e impeçam a continuação da partida.


Foto: OJOGO

0 Comentários: