segunda-feira, junho 10, 2013

A saída de um campeão



De olhado com desconfiança à chegada e nas poucas oportunidades que foi tendo no início do campeonato, Baldé tornou-se numa das principais imagens da temporada do Vitória. Pela humildade na forma como esperou pela sua oportunidade, pela disponibilidade e pela garra que sempre evidenciou quando o momento de se mostrar surgiu.
 
Baldé foi uma das figuras da época e seguramente uma das imagens de marca deste jovem Vitória que, apesar de também olhado com desconfiança, se tornou imortal. E, a campeões como Baldé, só nos resta dizer obrigado e boa sorte nesta nova aventura pelo Celtic. As portas, essas, estarão sempre abertas para quem assim defendeu as cores e o emblema vitoriano.
 
De salientar ainda que apesar de ainda não divulgados, a imprensa portuguesa e escocesa fala de uma transferência na ordem dos 1,5 milhões de euros, valor esse que pode ainda aumentar mediante a prestação do jogador português. Como se sabe, o Vitória era apenas detentor de 37% do passe do atleta e por isso encaixará uma verba a rondar os 600 mil euros.

0 Comentários: