sábado, setembro 14, 2013

O "filho da terra" virou o vento a favor (0-1)


 
Perder, no último minuto, com um golo de um filho da terra e formado no rival Varzim. É difícil imaginar um pior cenário para os adeptos do Rio Ave, mas foi exactamente isso que aconteceu. André André, saltou do banco para virar o vento a favor do Vitória e levar os três pontos para a cidade berço.
 
Um triunfo suado, mas saboroso de um Vitória que estreou várias caras novas e numa partida em que dificilmente se conseguiria melhor do que resistir e insistir até à exaustão. Foi o que o Vitória fez. Nem sempre bem, é certo, mas era difícil fazer melhor com tanto vento. Aliás, não saiu só o Vitória e o Rio Ave penalizados, saiu o futebol.
 
Evidente ficou também que Rui Vitória tem hoje outro tipo de soluções. Olhar para o banco não é agora um exercício difícil e agora moram lá boas opções para mudar o cariz dos encontros. Prova disso é que de lá saiu o agitador de jogo Ni Plange e o autor do golo André. Em campo já estavam, e dando boa conta de si, os estreantes André Santos (excelente segunda parte) e Tiago Rodrigues e fundamentalmente Abdoulaye (imperial em todo o jogo).
 
O triunfo foi importante. Porque surge na sequência de um resultado muito negativo e na antecâmara de um ciclo de jogos muito difícil. E tudo isto num estádio que parece ser agora talismã e num encontro em que o Vitória jogou praticamente em casa, com mais adeptos do Vitória do que vila-condenses.
 
Agora, segue-se a Liga Europa e o jogo com o Rijeka já na próxima quinta-feira pelas 20.05h. Aí, já sem vento mas espera-se que com nova vitória!
 
Reveja o golo de André André, clicando neste link:
 
http://vk.com/video219672586_165962686


Foto: Sítio oficial Vitória SC

0 Comentários: