domingo, outubro 13, 2013

Facilitar no mar, só podia dar "afogamento" (2-1)



Acontece. Mesmo àqueles que se dão bem com o mar e não costumam tremer à primeira onda. Porque, quando a confiança é demasiada e os perigos vários, muitas vezes não escapam ao "afogamento".

Foi mais ou menos isso que aconteceu com o Vitória esta tarde. Num jogo muito bem disputado, o Vitória marcou passo na Taça da Liga e foi derrotado por 2-1 mesmo depois de ter estado a vencer. O golo de Malonga à passagem do minuto 20 surgia numa altura em que o jogo era claramente dividido e quando se assistia a um excelente espectáculo de futebol.

Mesmo com muitas alterações no "onze" fruto dos vários jogadores ao serviço das suas respectivas selecções e por lesão de outros, o Vitória conseguia inaugurar o marcador e com isso ficar mais perto de um resultado positivo no Estádio do Mar.

Ainda assim, o bom jogo protagonizado pelos leixonenses deveria ter servido de aviso ao Vitória para não achar que tudo estava resolvido. Logo no início da segunda parte, Assis que até tinha merecido elogios pela exibição no primeiro tempo, falhou e permitiu o golo dos da casa.
 
Era o lance da partida. Embalados pelo golo, pelo apoio do seu público e fazendo do jogo, o jogo das suas vidas (bastou ver a festa feita pelos adeptos como se de uma final se tratasse), o Leixões foi atrás do triunfo. O Vitória apático, era mais reactivo do que proactivo e Kizito à passagem do minuto 70 operava a reviravolta no marcador.
 
O Vitória não foi capaz de criar muitas situações de golo, isto apesar do risco de Rui Vitória. Numa altura em que Luis Rocha por problemas físicos já tinha cedido o seu lugar a Olímpio (logo na altura do primeiro golo do Leixões), Rui Vitória ainda abdicou do lateral Kanu para a entrada de Crivellaro e arriscou jogando apenas com 3 defesas.
 
Contudo e apesar de ter tentado, a equipa vitoriana já ia tarde. Facilitar, diante de uma equipa que dá tudo para causar surpresa, tens destas coisas. A verdade é que há ainda o jogo da segunda mão, em Novembro em Guimarães e aí o Vitória terá de demonstrar em campo que é mais forte e dar a volta à eliminatória. No entanto, esta derrota talvez sirva de aviso à navegação para o jogo de sábado. Também aí haverá uma equipa a fazer o jogo das suas vidas (Fátima) e o Vitória terá de ser em campo aquilo que nos tem habituado para levar a melhor.


Foto: Maisfutebol

0 Comentários: