terça-feira, setembro 02, 2014

Mais do que a vitória, a atitude! (3-0)


Apesar dos dias que já passaram desde o triunfo no Restelo, não há como esquecer aquela imagem. Não que ganhar no Restelo seja algo assim tão raro que nos deva deixar entusiasmados. Não, que ter ganho aquele encontro tenha valido mais do que os três pontos. A análise vai muito para além disso. Vai para o facto de termos visto, de novo, naquela tarde uma prova de que esta equipa vitoriana gosta de se superar, e de demonstrar que se há coisa em que é forte é na união e na garra. E nisso, a equipa foi heróica.

Porque mesmo perante uma contrariedade imposta pela equipa de arbitragem, soube contornar as dificuldades e responder da única maneira possível. Impondo o seu futebol, afirmando-se como melhor do que o adversário e vencendo com inteira justiça, construindo até um resultado volumoso.

E este Vitória entusiasma por isso. Porque não seria suposto que uma equipa composta por jogadores tão jovens, apresentasse uma maturidade tão significativa. E mais do que isso, apresentasse aquela alegria de jogar que às vezes tanto reclamamos. Mérito deles claro, em primeira instância. Mas também de Rui Vitória, porque esta equipa joga hoje melhor do que no passado e mérito também daqueles que nos últimos anos os ajudaram a crescer, incluindo nesta equação o próprio treinador da equipa B, Armando Evangelista.

Três jogos, três triunfos, nove golos marcados e apenas um sofrido. O coração diz-nos que "esta equipa está a fazer-nos sonhar", o realismo alerta-nos "que ainda só estamos no início". Mas seja no início, no meio ou no fim, a verdade é que esta equipa merece (e tem aliás merecido por parte de vários comentadores fora do universo vitoriano) os mais rasgados elogios.

Venha o próximo adversário. Aqui estaremos, com a mesma humildade mas com a mesma capacidade de superação dos últimos jogos. Dia 14 contra o Porto, esta jovem equipa merece um estádio cheio. Pressão? Sim existe claro. A pressão de ganhar sempre. Mas, sabem eles e sabemos nós que, no final do jogo, e seja qual for o resultado, só queremos sentir orgulho neles. O orgulho de ter visto uma equipa fazer de tudo para ser feliz!



Foto: Maisfutebol

0 Comentários: