sábado, outubro 04, 2014

1, 2, 3. Diga lá outra vez! (3-0)



Talvez a numerologia explique, ou então não. A verdade é que o Vitória só parece saber ganhar por três e voltou a fazê-lo hoje, três jogos depois da última vez e depois de três sem conseguir o sabor dos triunfos. Em contrapartida, o Boavista voltou a perder, três jogos depois. 

Contudo, quem mais brilhou foi mesmo o dez, Jonatan Alvez. Mais dois golos a provarem a qualidade do uruguaio e que permitiram atirar o xadrez ao tapete. Mas para chegar até aí, o Vitória teve de voltar a ser igual a si próprio. Com atitude e com garra, não dando uma bola por perdida e sem tiques de deslumbramento.

Fê-lo também com alterações no onze promovidas por Rui Vitória e que surtiram efeito. Bouba Saré foi o equilíbrio da equipa, com um sentido posicional acima da média e Bruno Gaspar, mesmo que sem grande oposição, fez uma exibição interessante. Quanto a Alvez... bem o uruguaio não engana e se no primeiro golo agradeceu o grande trabalho de Tomané, no segundo inventou e finalizou a jogada. Pelo meio, houve ainda tempo para André se reconciliar (e reconciliar o Vitória) com as grandes penalidades. 

Triunfo justo e claro de um Vitória que ganhou com naturalidade, mas também com esperada dificuldade até conseguir marcar o primeiro golo. Lamenta-se apenas o discurso de Petit no final do jogo. Ter o Boavista a falar de arbitragem já é de si uma falta de vergonha de todo o tamanho, mas fazê-lo depois de um jogo em que apenas o Vitória se pode queixar, então ainda mais. Agradeça Petit o facto do seu central não ter sido expulso na agressão a Tomané (em que vê apenas o cartão amarelo) e agradeça ainda o facto de Artur Soares Dias precisar de ver duas grandes penalidades para assinalar uma.

A única nota negativa de um encontro que voltou a contar com mais de 13 mil espectadores, foi mesmo a lesão de Douglas, esperando-se que a mesma não impeça o guarda-redes de ser opção nos próximos jogos.

O campeonato só regressa agora para o Vitória no dia 24 em Setúbal, mas antes disso há ainda uma deslocação a Moura para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal no próximo dia 19 de Outubro.

0 Comentários: