sábado, novembro 08, 2014

Suplemento de alma! (1-2)



Um dia as coisas vão correr menos bem. Mas se isso acontecer, que seja com a noção de que tudo foi feito para as coisas serem diferentes. Há ainda dias em que não é possível - também por mérito do adversário - apresentar o brilhantismo de outros jogos. Mas é nesses dias, em que o coração e a capacidade de sofrimento têm de ser as nossas maiores armas.

Em Arouca, houve um suplemento de alma que transpôs as bancadas e chegou ao relvado. Foi nesse suplemento de alma que os jogadores foram buscar as forças que pareciam perdidas para dar a volta ao resultado e saltar para a liderança do campeonato. Foi no apoio incessante dos "nossos" nas bancadas, no apoio à distância dos que sofreram em Guimarães ou espalhados pelo mundo, que os "meninos de rua" souberam reagir ao golpe do Arouca e conquistaram a vitória, com os golos de Josué (82') e Hernâni (89').

As grandes equipas também se fazem disto. De coração, de alma, de sofrimento. Da noção de que, quando as coisas correm menos bem, é necessário ir bem fundo buscar as forças que nos façam cumprir os nossos objectivos.

Provavelmente este primeiro lugar é circunstancial. Mas o que não é circunstancial, é o orgulho que temos nesta equipa. Neste conjunto de jogadores, que jogo após jogo nos mostra que a união é a nossa maior força.

Ontem, pode ter sido um dos bons momentos deste campeonato. Em que sofremos juntos, e ganhamos juntos. E assim, vale a pena, mesmo que o coração tenha de sofrer. Até porque hoje, não há quem nos tire este sorriso. O sorriso da alegria de ganhar e do orgulho de ver os nossos lutarem em cada segundo pela nossa paixão.

Aproveitemos este sorriso, mas lembremo-nos que no futebol não há memória e tudo muda num instante. Por isso, a cada semana a luta vai ter de ser permanente, mesmo que nos tentem tirar do nosso caminho. Sempre com a humildade e com o espírito de conquista que temos mostrado em cada campo esta temporada.

0 Comentários: