domingo, março 15, 2015

Para esquecer (0-1)



Com uma excelente estratégia de marketing, o clube tentou capitalizar a revolta pela forma como a equipa perdeu no Estádio do Bessa. O público, cerca de 19 mil espectadores, respondeu à chamada e esteve no D. Afonso Henriques. Mas faltou o essencial. Futebol e os três pontos que tanta falta fazem na perseguição do objectivo europeu.

É evidente que aqueles que eram até há algumas semanas alvo de elogios nossos, não desaprenderam de jogar. É também evidente que a equipa que deslumbrou em alguns momentos da primeira volta, não pode ter desaparecido. Mas falta alguma coisa. Falta essencialmente nervo e superação. A segunda parte de ontem foi, aliás, má demais para ser verdade e creio que a própria equipa tem consciência disso mesmo.

O Vitória continua a dar "tiros nos pés" nesta segunda volta e aquilo que parecia uma vantagem perfeitamente tranquila para os mais directos perseguidores, vai-se esfumando. Ninguém duvidará que a equipa quer, tanto como nós, vencer. Mas está na altura de o plantel responder de uma vez por todas aos receios de vermos repetida a segunda volta da última temporada. E só eles o podem fazer. Lutando mais, querendo mais e ganhando! O próximo adversário, chama-se Sporting.

0 Comentários: